Utilizador Discussão:MGFE Júnior/Arquivo LQT 1

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Esta é uma página LiquidThreads que foi arquivada. Não edite o conteúdo desta página. Por favor direcione quaisquer comentários adicionais à página de discussão atual.


Esta é uma página LiquidThreads que foi arquivada. Não edite o conteúdo desta página. Por favor direcione quaisquer comentários adicionais à página de discussão atual.


Esta é uma página LiquidThreads que foi arquivada. Não edite o conteúdo desta página. Por favor direcione quaisquer comentários adicionais à página de discussão atual.


Esta é uma página LiquidThreads que foi arquivada. Não edite o conteúdo desta página. Por favor direcione quaisquer comentários adicionais à página de discussão atual.


Esta é uma página LiquidThreads que foi arquivada. Não edite o conteúdo desta página. Por favor direcione quaisquer comentários adicionais à página de discussão atual.


Esta é uma página LiquidThreads que foi arquivada. Não edite o conteúdo desta página. Por favor direcione quaisquer comentários adicionais à página de discussão atual.


Esta é uma página LiquidThreads que foi arquivada. Não edite o conteúdo desta página. Por favor direcione quaisquer comentários adicionais à página de discussão atual.


Esta é uma página LiquidThreads que foi arquivada. Não edite o conteúdo desta página. Por favor direcione quaisquer comentários adicionais à página de discussão atual.


Esta é uma página LiquidThreads que foi arquivada. Não edite o conteúdo desta página. Por favor direcione quaisquer comentários adicionais à página de discussão atual.


Receba as boas-vindas do Wikilivros

Crystal Clear app 3d.svg

O Wikilivros é um projeto internacional, da Wikimedia Foundation, dedicado ao desenvolvimento de livros, apostilas, manuais e outros textos didáticos livres e gratuitos.

Agradecemos seu interesse em colaborar com esse projeto, que existe desde julho de 2004. Sugerimos a leitura do conteúdo dos tópicos abaixo para que entenda os princípios básicos do funcionamento do Wikilivros:

Informação fundamental

Leitura complementar

Exquisite-folder.png

Sugerimos que faça o login, desta forma sua autoria ficará registrada.


Quando assinar uma mensagem, insira ~~~~ (4 tis) no final, para que o destinatário possa identificar o remetente.
  • Boa estadia e bom trabalho!
  • Arquivo
Iniciar uma discussão nova

Conteúdos

Título do tópicoRespostasÚltima alteração
Oi308h25min de 17 de agosto de 2016
Dúvida108h17min de 17 de agosto de 2016
Coordenação de voluntários008h15min de 17 de agosto de 2016
Beleza!108h14min de 17 de agosto de 2016
Parabéns!208h14min de 17 de agosto de 2016
Introdução à Quimica108h14min de 17 de agosto de 2016
Química inorgânica/Introdução/Estrutura do átomo908h14min de 17 de agosto de 2016
Utilizador Discussão:Raylton P. Sousa#Wikilivros:Diálogos comunitários#Opnião da comunidade sobre Fair-Use108h14min de 17 de agosto de 2016
Física3108h13min de 17 de agosto de 2016
A cultura da manga208h13min de 17 de agosto de 2016
Português/Escolas literárias/Brasil/Quinhentismo008h13min de 17 de agosto de 2016
Português/Escolas literárias/Brasil/Quinhentismo008h13min de 17 de agosto de 2016
Irc208h12min de 17 de agosto de 2016
Livro de Português no Wikilivros alemão008h12min de 17 de agosto de 2016
VDAs008h12min de 17 de agosto de 2016
Nova página principal208h12min de 17 de agosto de 2016
Irc?108h11min de 17 de agosto de 2016
Níveis educacionais008h11min de 17 de agosto de 2016
Editado por 2 outros utilizadores.
Última edição: 08h25min de 17 de agosto de 2016

Vi suas alterações no livro de Português, se quiser reverter minhas edições lá, fique a vontade (pede para o Helder, ou Raylton se ele puder). Minha intenção era primeiro deixar o livro mais uniforme, depois resumir alguns tópicos, etc. Vi que daria muito trabalho em fazer tudo sozinho (o conteúdo do livro é extenso), então deixei de lado (era só eu editando desde quando tive essa ideia).

Outra coisa, eu removi alguns códigos HTML porque achei mais apropriado substituí-los por uma predefinição (é o que recomendo que você faça). Atualizar um código HTML é bem mais difícil do que atualizar uma apresentação por predefinição.

Bom é isso aí, espero que faça um bom trabalho. :)

Qualquer coisa aí, no que o meu pouco conhecimento puder ajudar, é só falar.

Guiwp (Discussão)01h18min de 31 de outubro de 2013
Editado por 2 outros utilizadores.
Última edição: 08h25min de 17 de agosto de 2016

Outras observações

Você fez algumas alterações, removeu algumas dicas ou afirmações. Talvez porque não deixei a referência de onde verifiquei o assunto abordado. Já olhei algumas, abaixo posso justificar porque adicionei elas.

Português/Acentuação e sinais auxiliares da escrita[editar código-fonte]

1. Você removeu "Após a reforma o trema passou a ser usado somente em palavras estrangeiras e em suas derivações (ex.: Müller, mülleriano).".

Fontes:

a) Michaelis em http://michaelis.uol.com.br/novaortografia.php "Atenção: o trema permanece apenas nas palavras estrangeiras e em suas derivadas. Exemplos: Müller, mülleriano.".

b) Outras obras. Você encontra, em vários dicionários, livros, etc., uma sentença quase idêntica a esta, inclusive com os mesmos exemplos. Por exemplo, em dicionários como Aurélio, 8ª edição (na seção "resumo gramatical"). No entanto este dicionário acrescenta que é somente a nomes próprios. Outra nota, ele usa os mesmo exemplos (será que só essa palavra estrangeira que recebe trema? risadas).

2. Você removeu "De modo geral são poucas as palavras que não têm acento tônico.", e colocou que todas possuem "Desta forma, toda palavra tem acento, ao menos o acento tônico.".

Estava procurando na internet, nas primeiras ocorrências de "tônico" encontrei:

Fontes:

a) Antônio Suárez Abreu (ISBN: 8574801984) Pág. 57: "A maior parte das palavras... essa força é chamada de acento tônico." (pesquisa no google que você acha todo texto citado)

Não lembro se foi realmente nesta página que encontrei tal sentença.

b) (ISBN: 8535270981) "Importante: enquanto a maioria das palavras da língua possuem acento tônico, apenas algumas apresentam acento gráfico."

Eu sugiro que pergunte ao http://www.ciberduvidas.com. Lá há algo parecido em http://www.ciberduvidas.com/pergunta.php?id=20331, uma pergunta respondida por D’ Silvas Filho. No entanto não há nenhuma sentença afirmando se são ou não todas.

No civerduvidas existem professores que possuem muito conhecimento nessa área, vale a pena verificar com eles se é isso mesmo ou não.


Não sou muito fã de "gramática" (muito menos da atual rs), acho que o "básico" já é o suficiente, mas onde está o "básico"? rs...

Bom, é isso aí, tentei ajudar. Qualquer coisa deixa um comentário aí!

Guiwp (Discussão)10h55min de 31 de outubro de 2013
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h25min de 17 de agosto de 2016

Sim, eu entendo o que estas falando. Sobre aquela navegação, também acho que é necessário uma predefinição. Na verdade, as únicas palavras que podem não ter acentos tônicos são os monossílabos átonos - talvez seria bom pôr esta exceção.

Além do mais, a maioria das modificações que reverti foram coisas como * e : espaços e linhas em branco. O design da página é muito importante para a aprendizagem, esta foi a razão. Sem algumas características, a página torna-se poluída e cansativa.

Mário Júnior (Discussão)14h26min de 31 de outubro de 2013
Editado por 2 outros utilizadores.
Última edição: 08h25min de 17 de agosto de 2016

Opa! Olha, achei legal ter colocado exemplos demonstrando quais palavras podem não ter acentos tônicos (até eu estou aprendendo melhor sobre isso rs).

Gostei da modificação que fez ao trocar aquele tanto de &nbsp por <center>, realmente melhorou bastante a legibilidade do wikitexto.

Que bom que voltou a editar no livro de português, continua contribuindo lá! Abraço!

Guiwp (Discussão)14h51min de 31 de outubro de 2013
 
 
 
Editado por 2 outros utilizadores.
Última edição: 08h17min de 17 de agosto de 2016

Pode dar uma olhada nessa discussão.

Estamos em dúvida.

Abraço!

Raylton P. Sousa qualquer coisa estou aqui! =D05h30min de 23 de maio de 2013
Editado por 2 outros utilizadores.
Última edição: 08h17min de 17 de agosto de 2016

Pode aproveitar e passar lá nos diálogos comunitários também(quando tiver tempo)? Tem coisa nova lá.

Raylton P. Sousa qualquer coisa estou aqui! =D19h58min de 23 de maio de 2013
 

Coordenação de voluntários

Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h15min de 17 de agosto de 2016

Me da um help? A ideia é uma força tarefa para responder as dúvidas dos novatos, assina como membro aqui:Wikilivros:Coordenação de voluntários/Membros e fica de olho nessa página, que deve ficar mais badalada conforme a visibilidade com a nova mensagem de boas vindas (como explicado nos diálogos comunitários).

Abraço! E aparece qualquer dia pra tomar um café!

Raylton P. Sousa qualquer coisa estou aqui! =D00h59min de 18 de maio de 2013
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h14min de 17 de agosto de 2016

Cara... Parabéns, o livro tá ótimo. Sempre que passa uma alteração eu fico todo feliz, muito bom...

Outra coisa. Comprei um ótimo livro de matemática elementar caso precise de referencias para atacar aquele livro de matemática, basta me pedir que eu mando um VDA por e-mail te empresto o livro.

Tô doido pra voltar a editar. Mas tô atarefado e também estou querendo terminar esse projeto antes do nosso aniversário de 10 anos (10 de julho).

Enfim, parabéns.

Raylton P. Sousa qualquer coisa estou aqui! =D21h36min de 8 de abril de 2013
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h14min de 17 de agosto de 2016

Legal que está ficando bom :D

Quanto à matemática, prefiro ficar por enquanto na parte de química e de física, para deixar estes wikilivros mais completos...

Este projeto seria como aquele multirão que se refferiu há um tempo?

Mário Júnior (Discussão)23h15min de 8 de abril de 2013
 
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h14min de 17 de agosto de 2016

Vi que é teu aniversário! Parabéns... Obrigado por nos ajudar a mudar o mundo uma página de cada vez!

Raylton P. Sousa qualquer coisa estou aqui! =D00h59min de 21 de março de 2013
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h14min de 17 de agosto de 2016

Obrigado, Raylton!

Acho que também viu que não estou muito ativo ultimamente... Estou com pouco tempo para editar, mas quando consigo, estou aqui (e hoje consegui) :D.

Mário Júnior (Discussão)01h09min de 21 de março de 2013
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h14min de 17 de agosto de 2016

Fique a vontade... Só é bom aparecer quando nos faz bem ou quando temos tempo.

Não sinta como uma obrigação, pois isso tira a graça do negócio :P

PS:Estou gostando do livro, muito bom.

Até!

Raylton P. Sousa qualquer coisa estou aqui! =D13h51min de 21 de março de 2013
 
 

Introdução à Quimica

Editado por 2 outros utilizadores.
Última edição: 08h14min de 17 de agosto de 2016

Cara, já que está com a mão na massa, pode dar uma olhada nos VDAs do livro de química?... Queria dar uma arrumada ali de repente até eliminar(menos o índice porque tá bem organizadinho e pode se útil no futuro)

Raylton P. Sousa qualquer coisa estou aqui! =D23h42min de 20 de fevereiro de 2013
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h14min de 17 de agosto de 2016

Posso, sim. Mas por hoje chega. :P

Mário Júnior (Discussão)00h07min de 21 de fevereiro de 2013
 
Editado por 2 outros utilizadores.
Última edição: 08h14min de 17 de agosto de 2016

Fiquei muito preocupada com a página. Tem uma definição de ensino fundamental em um livro de ensino médio. Sugiro mover para outro livro e fazer uma página descrevendo a evolução do modelo atômico e apresentasse o real diagrama de pauling.

Electron orbitals.svg.

Outra coisa aquela citação da lei de conservação da matéria no início é totalmente dispensável, o que acha de removê-la.

Só foi uma passada rápida devo sumir novamente.

Analfabeta00h42min de 10 de fevereiro de 2013
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h14min de 17 de agosto de 2016

Na verdade, eu acho desnecessário explicar o diagrama de Pauling. Eu mesmo nunca o estudei (e foi possível ter um ensino de qualidade), além de ser um conteúdo extremamente raro em vestibulares. Outra coisa: as ligações pi e sigma fazem parte da teoria das órbitas (que normalmente os estudantes não se adequam), e é possível ter um bom ensino sem a menor menção delas, pela teoria da ligação covalente (que é a predominante no livro) - e também é raríssimo em vestibulares. Até porque isto é outra coisa que eu não estudei, e nem consigo entender ao ler um livro.

A teoria da ligação covalente apresenta métodos fáceis de se obter compostos sem a necessedidade de saber a configuração eletrônica dos átomos. Também, deve ter notado que o livro é química inorgânica, por isso a página foi posta no capítulo introdução do livro (e deve ter somente a explicação necessária para o livro - já que não é este seu conteúdo principal). Eu não achei a página focada no ensino fundamental, pois é mais ou menos isso que aprendi no ensino médio. Creio que a teoria da ligação covalente torne a química um pouco mais atrativa aos estudantes. Devemos também considerar que esta é a disciplina em que há mais dificuldades por parte de alunos.

Mário Júnior (Discussão)13h53min de 10 de fevereiro de 2013
Editado por 2 outros utilizadores.
Última edição: 08h14min de 17 de agosto de 2016

Bem primeiramente não se sinta ofendido sobre a qualidade de ensino. Quando me refiro a sua importância lembro que sou só uma aluna e minha visão é restrita aos vestibulares e a visão que meus professores me passaram. Mesmo não sendo comum cai como prova fiz uma rápida pesquisa no google(3 páginas) diagrama de pauling questões vestibular ABC, OSEC, ACAFE, UFSC, CESCEM, PUC, ITA e UFPI.

Se a UFRGS não trabalha com esse assunto seria até normal você não ter visto não afinal é pouco comum, porém o IME(acho que foi na ultima década ainda) derrubou vários com o diagrama, pois todo mundo decora ele errado o correto seria K-2, L-2+4, M-2+4+6(soma dos subníveis).

Enfim eu no meu ensino médio no primeiro e terceiro ano vi assim, se seria certo não ensinar a teoria assim não sei, mas tem um detalhe relevante ensinando a teoria da forma certa faz muito mas sentido que dizer é assim porque é assim.

De toda forma vou pega o Urbesco e Salvador e dou uma conferida você vai usar quem como referência?

Outra coisa Citação: Os átomos podem perder partículas, e normalmente quando ele perde um próton, por exemplo, perde também um életron e pode também perder um nêutron. Quando os átomos perdem partículas, estas podem se transformar em novas partículas ou podem ficar livres no ambiente, até que sejam capturadas por outro átomo. escreveu: «{{{2}}}»

Essa definição é totalmente errada a a partícula alfa são só dois nêutrons e dois prótons sem elétrons.

Analfabeta15h32min de 10 de fevereiro de 2013
Editado por 2 outros utilizadores.
Última edição: 08h14min de 17 de agosto de 2016

Bem, voltou a repetir que o livro é sobre química inorgânica. O seu objetivo não é tratar de química geral. Eu apresentei o conteúdo necessário para o entendimento. Quanto ao parágrafo que fala sobre a perda de partículas, será acrescentado a palavra pode antes de perde.

Não digo também que é errado ensinar a teoria das órbitas, mas digo que a da ligação covalente é mais simples (tanto que não é necessário saber o diagrama). Acho que se deve, sim, mostrar as duas teorias, no introdução à química por exemplo. Na verdade, este conteúdo nem tem a ver com química inorgânica (comentei com o Raylton no IRC inclusive), porém não há explicação para este conteúdo no projeto (e ter que escrever em um livro como o introdução à química que está cheio de links vermelhos é um tanto cansativo). Imagine, como explicar um composto sem haver explicação sobre cátions e ânions? E como explicar cátions e ânions sem explicar sobre o átomo e as propriedade básicas da matéria?

Mário Júnior (Discussão)15h48min de 10 de fevereiro de 2013
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h14min de 17 de agosto de 2016

Assim continua parecendo que para perder um elétron precisa de um nêutron, sugiro colocar o átomo poder perder nêutrons, elétrons e prótons porém esse assunto não será tema desse livro.

Já que não se ensinará o correto, pode colocar uma observação acima notificando no início do módulo que é um apenas um resumo com link para química geral mesmo que esteja vermelho e um aviso acima do diagrama que aquela teoria é uma síntese para melhor compreensão do livro(já vi isso algumas vezes em livros para não ter que explicar derivada por exemplo). Qual é a referência você usará para esse módulo?

Analfabeta19h05min de 11 de fevereiro de 2013
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h14min de 17 de agosto de 2016

Eu estou utilizando meus livros escolares (mas suponho que eu não posso pô-lo como referência pois ele é exclusivo de escola pagantes e não é disponível no mercado). Eu terei que encontrar um site ou outro livro para utilizar como fonte. Esta frase eu pus somente para não ficar desconectado com a ionização (que faz átomos ganharem ou perderem elétrons).

E não é que não se ensinará o correto! Ensinar-se-á de uma forma diferente da convensional. Acho melhor por enquanto não pormos nenhum link também. Veja as páginas que possuem tais informações: Introdução à Química/Estrutura do átomo e Introdução à Química/Estrutura atômica da matéria. A página Química inorgânica/Introdução/Estrutura do átomo está muito mais completa, não há sentido informar que há mais informações nas outras páginas ou que esta é uma versão mais simples (visto que está mais completa).

Mário Júnior (Discussão)23h57min de 11 de fevereiro de 2013
 
 
 
 
 
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h14min de 17 de agosto de 2016

O Rayton tinha falado para você e eu passarmos no IRC o que acha?

189.60.23.19919h41min de 11 de janeiro de 2013
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h14min de 17 de agosto de 2016

Posso, sim.

Mário Júnior (Discussão)23h40min de 11 de janeiro de 2013
 
Editado por 2 outros utilizadores.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Onde tem um tutorial para fórmulas(Latex, Tex não sei o nome) <math> tenho que fazer a soluções de Introdução à Física/Energia mecânica/Exercício (vai dar trabalho).

Aproveitando Tópico:Wikilivros:Diálogos comunitários/Opnião da comunidade sobre Fair-User/resposta (7)‎‎ te respondi...

Se tiver online passa no IRC

Analfabeta22h46min de 2 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016
Mário Júnior (Discussão)23h08min de 2 de dezembro de 2012
 
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Pode me passar o link do IRC?

Mário Júnior (Discussão)23h11min de 2 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

O de sempre http://webchat.freenode.net/?channels=wikibooks-pt

Vamos tentar editar na mesma seção desse livro estava pensando em focar em tópicos específicos e iriamos fazendo juntos, assim, ficaria mais completo, o que acha?

Fazer sozinha me da um desânimo...

Sugiro fazer inicialmente Gravitação e Energia por você tudo bem?

Analfabeta12h10min de 5 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

estou de acordo.

Mário Júnior (Discussão)13h56min de 5 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Já ia esquecendo da uma olhada em http://www.lightandmatter.com/books.html ta em creative commons by sa, pode copiar pedaços(tudo) pra cá.

Analfabeta14h45min de 5 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Tava lendo seus exercícios e percebi que tá usando uns números muito feinhos( aquestão 3 não tão nem feios). Tenta usar uns maio ou menos e outros bonitinhos se for ficar feio manda tirar em função de.

Lembrando exercício em função de que tenha que segurar a variável já tem um nível difícil. Aluno que não é de exatas não consegue lidar muito bem então se quiser dificultar pede em função de mas não deixa os números assim não por que parece útil, mas didaticamente é perda de tempo.

Mas continua fazendo com raciocínio longo tipo a minha C de energia mecânica, depois fazemos os introdutórios(algo aplique a formula).

Analfabeta22h09min de 5 de dezembro de 2012
 
 
 
 
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Ei, o que você acha de fazermos uma página de exercícios para cada capítulo? Assim, a página Introdução à Física/Energia mecânica/Exercício teria de ser movida para Introdução à Física/Energia/Exercício.

Mário Júnior (Discussão)18h08min de 10 de dezembro de 2012
Editado por 2 outros utilizadores.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Por mim é até melhor, tinha pensado nisso só que não tinha o módulo energia no dia que criei e nem olhei bem o texto quiz me concentrar na seção de exercícios.

O que eu pensei era tópico exercício aplica fórmula(aqueles que não tem que pensar) depois no final do capítulo dividido por grau de dificuldade.

Impressão minha ou livro não tem as fontes? Você tá usando que livros pra consulta?

Só posso editar a partir de sexta, estou meu sem tempo.

Sobre a nomenclatura vê com alguém de bot se da pra fazer isso, o povo aqui ta meio inativo, mas se não me engano o achimista(não sei se é assim que escreve) da wikipédia já usou aqui pra ajudar...

Aproveitando o que achou daquele link que te passei... http://www.lightandmatter.com/books.html

Analfabeta20h19min de 11 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Eu já comecei a fazer algumas alterações nas páginas dos livros. E as páginas que escrevi, eu não utilizei fontes (a fonte foi o cérebro, rsrsrs). A respeito do link, achei interessante.

177.156.58.18323h07min de 11 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Ops! Tinha me esquecido de logar.

Mário Júnior (Discussão)23h10min de 11 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Que tal alterar a ordem de capítulos? Geralmente se ensina em Mecânica:

  1. Cinemática
  2. Dinâmica
  3. Trabalho
  4. Energia
  5. Equilíbrio de corpos extensos

Se não me engano se ensina primeira e terceira lei da termodinâmica e depois a segunda por ser mais complexa.

Vou pegar uns livros depois(tenho que arrumar uma escada) e dou uma conferida se tem mais coisa em lugar diferente do tradicional.

Analfabeta17h13min de 13 de dezembro de 2012
 
 
 
 
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Fiz algumas alterações:

  1. Juntei os capítulos quantidade de movimento e estática num só: momento;
  2. Transferi a página colisões para antes de quantidade de movimento (pois na quantidade de movimento é abordado assuntos das colisões, e por isso não pode estar depois);
  3. Uni as páginas teorema da energia cinética e energia cinética, pois tratam de assuntos continuados.
Mário Júnior (Discussão)18h06min de 16 de dezembro de 2012
Editado por 2 outros utilizadores.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Não gostei dessa divisão não é algo clássico ou tradicional esse uso da seção momento, tradicionalmente se divide em Cinemática, Dinâmica, Estática e Energia (olha as ligações com o que queria que cada seção abordasse), e depois, hidrodinâmica e MHS.

Sobre o teorema a ideia é que seja dado separado (se você terminou ensino médio a muito tempo deve ter esquecido), pois ele se refere mais a trabalho da força atrito que dissipa energia cinética seu tema não está ligado a energia cinética, mas sim, a dissipação de energia no sistema(sistema não conservativo), ou seja, o trabalho da força atrito e variação de velocidade. Por sinal já havia deixado para introduzir outro teorema referente a esse nesse módulo (por ser menos comum)(se lembra o nome disso? estou pesquisando mas não acho-vou escrever esse módulo depois)

Sobre colisões não fez o menor sentido(talvez tenha colocado um nome ruim, igual a mim, para o módulo) olha os links http://www.brasilescola.com/fisica/colisoes.htm http://www.infoescola.com/mecanica/colisoes/ se perceber trata sim de quantidade de movimento. Se colocar antes como vamos dizer que ai teríamos que fazer como no segundo dizer que, mas eu odeio essa explicação porque logo surgiria na mente do aluno "tá mas porque isso?". Enquanto colisões não aborda nenhum assunto que será trabalhado em quantidade de movimento.

Por sinal aprendi quantidade de movimento e posteriormente colisão.

Sobre as alterações em hidrodinâmica concordo.

Desculpe se estou sendo chata é porque ta confuso esse índice.

Analfabeta03h17min de 17 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Eu também acho que está confuso. A ideia de colocar colisões junto à energia mecânica, é que as colisões podem ser classificadas quanto à conservação da energia mecânica (elásticas ou inelástica). Já em quantidade de movimento, usar-se-ia as explicações de colisão. O que poderíamos fazer é retomar o conteúdo na página quantidade de movimento.

Já a mudança do nome do capítulo para momento deve-se pelos seguintes fatos:

  • Quantidade de movimento é sinônimo de momento linear;
  • Na página torque serão abordados o momento angular e o momento de inércia;
  • Ná estática, o somatório das forças de um momento é igual a zero.

O teorema que você apresentou eu não sei o nome, mas significa que o somatória da energia mecânica depois, subtraída pelo somatório da energia mecânica antes, é igual ao somatório do trabalho. Como a energia mecânica é equivalente à energia cinética + energia potencial, em um sistema livre de enrgias potenciais, o teorema se equivale ao teorema da energia cinética.

Pelo fato de somente se tratar da variação de energia, achei apropriado colocar no capítulo energia (até porque é um conteúdo simples, e acho que não seria necessário criar mais uma página, e poderiamos aproveitar uma já existente para tal conteúdo). Poderíamos criar uma página, se for isto que você está querendo, denominada variação da energia mecânica, que abordaria também o teorema da variação da energia cinética.

177.132.217.23015h00min de 17 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

A ideia é trabalhar sistemas dissipativos e com trabalho de força atrito. Esse conteúdo é tradicional em vestibulares militares e pouco abordado nos convencionais.. por isso precisaria de um destaque já que esse livro seria para todos os públicos.

Ainda não entendi bem como vai resolver colisões. Acho melhor você fazer aí analisamos o que fazer com a ordem deles posteriormente, concorda?

189.60.23.19920h58min de 17 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Condordo, e também considero o dever de expor assuntos pouco abordados em certos exames.

E deixa-me específicar melhor o que não quero: que se tenha páginas como esta ou esta. Esses conteúdos poderíam muito bem ter sido tratados com outros semelhantes. Afinal, por que haver uma página tão curta? Poderíamos fazer páginas com mais conteúdos, e assim o leitor provavelvente se aforfundaria mais (pois eu dúvido que haja muitas pessoas que leem wikilivros grandes inteiros).

Mário Júnior (Discussão)23h49min de 17 de dezembro de 2012
 
 
 
 
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

A respeito da fusão, não concordo. O wikilivro introdução à física é focado no ensino médio, enquanto que o wikilivro curso de termodinâmica é focado na universidade. Veja, por exemplo, esta página, em que são utilizadas derivadas (conteúdo estudado nas disciplinas de cálculo em cursos superiores).

Mário Júnior (Discussão)21h41min de 20 de dezembro de 2012
Editado por 2 outros utilizadores.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Eu só marquei porque tava sem tempo e não queria perder as páginas(ia reiniciar o pc) tanto que avisei no histórico. Devia ter colocado nos favoritos agora que me toquei.

Eletromagnetismo parece que está ok, posso fazer? Apesar que tem alguns tópicos que não iria abordar entretanto acho que poderíamos excluir afinal são somente links vermelhos...Eletromagnetismo/Campo elétrico anula toda ideia a seção de carga e a outra não, mas então deixa do jeito que estava...

Analfabeta22h41min de 20 de dezembro de 2012
 
 

A cultura da manga

Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Olá, obrigado por você editar aqueles navegadores nas páginas do livro A cultura da manga. Ficaria bem legal se aparecesse "Índice" em lugar do nome do livro. Abs,

Nevinho (Discussão)22h21min de 11 de novembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

A navegação foi o Utilizador:Raylton P. Sousa quem colocou :D. Eu pus a categoria, que serve apenas para catalogar as páginas do livro, para elas não ficarem "soltas" no projeto.

Aparece o nome do livro, pois sempre aparece o nome da página em que tal página se encontra. Se você criar capítulos no livro, por exemplo, apareceria na página o nome do capítulo onde ela se encontra:

  • Índice;
  • Capítulo (remete ao índice);
  • Páginas do capítulo (remete ao capítulo);
  • Subpáginas do capítulo (remete às páginas do capítulo);
  • ...

Deve haver um jeito de modificar para o índice, quando este for a página "maior". Eu não sei fazer estas modificações, mas o Raylton sabe. Pode conversar com ele.

Mário Júnior (Discussão)17h22min de 12 de novembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Yes check.svg Feito. Se precisar de mais alguma coisa pode nos chamar.

Raylton P. Sousa qualquer coisa estou aqui! =D16h18min de 22 de novembro de 2012
 
 
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Oi,

Sei que você passa aqui raramente, mas queria pedir que visse Português/Escolas literárias/Brasil/Quinhentismo e revisasse os conceitos e os erros de português. Você sempre fez isso e não queria que ficasse muito tempo com uma informação errada. Desculpa incomodar,

Analfabeta18h30min de 28 de outubro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Oi,

Sei que você passa aqui raramente, mas queria pedir que visse Português/Escolas literárias/Brasil/Quinhentismo e revisasse os conceitos e os erros de português. Você sempre fez isso e não queria que ficasse muito tempo com uma informação errada. Desculpa incomodar,

Analfabeta18h30min de 28 de outubro de 2012
Editado por 2 outros utilizadores.
Última edição: 08h12min de 17 de agosto de 2016

O irc travou e não consigo mais abrir(acho que a internet está oscilando aqui) o texto que eu estava traduzindo(3 paragrafo de How are Decisions Made?):


Por que dizemos "quase todos"? Às vezes, as pessoas ficam com raiva e podem não ser razoáveis. Se você não está maduro e (não)(precisaria pra fazer sendo né?) trabalha no sentido do acordo, outras pessoas simplesmente não vão ouvir o que você tem a dizer.Outras vezes - e isso é algo que mais aprecio e incentivo - as pessoas que estão em minoria tendem a "ficar de lado". Isto significa que uma pessoa vai dizer "Isto não é o que eu quero, but I will not stop the community from moving forward".". Ser respeitoso, desta forma nunca passa despercebida, e é precisamente a usuários que tomam esta opção quando necessário, que são os mais apreciados. Afinal, nós nem sempre concordamos, mas por ser respeitoso e cortês, sempre podemos melhorar e progredir.

Vou esperar um pouco e tentar entrar de novo

Você saiu da wiki também? Eu entrei no chat de novo.

Analfabeta19h17min de 30 de dezembro de 2011
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h12min de 17 de agosto de 2016

Sujiro que troque "e podem não ser razoaveis" por "e podem ser descomunais". "no sentido do acordo" por "em acordo".

Mário Júnior (Discussão)19h25min de 30 de dezembro de 2011
 
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h12min de 17 de agosto de 2016

Estou no IRC.

Mário Júnior (Discussão)22h47min de 30 de dezembro de 2011
 

Livro de Português no Wikilivros alemão

Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h12min de 17 de agosto de 2016

Oi, se quiser, fiz umas perguntas na minha página alemã. Veja também aqui, por favor.

Waugsberg (Discussão)11h38min de 28 de agosto de 2011
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h12min de 17 de agosto de 2016

Acho que seria bom indicar de onde foi feita a cópia em edições como esta e esta, no sumário ou na página de discussão.

Helder21h06min de 23 de agosto de 2011

Nova página principal

Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h12min de 17 de agosto de 2016

A respeito deste seu esboço, tenho dois comentários:

  • Como (ainda!) não há consenso sobre quantas e quais são as grandes áreas do conhecimento que usaremos para terminar a organização da "biblioteca por assunto", acho que não é boa ideia ter aquela seção "biblioteca" enumerando as áreas (de Línguas e linguística, Ciências exatas e da Terra, Ciências da vida e da saúde, Humanidades, Computação e engenharias, Variados). Prefiro uma lista das formas de classificação que estão disponíveis (isto é Área do conhecimento, Ordem alfabética, Etapa de desenvolvimento, Nível educacional).
  • Achei o esquema de cores "azul bebê/rosa bebê" meio esquisito. Era para ser assim mesmo?
Helder17h38min de 30 de julho de 2011
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h12min de 17 de agosto de 2016

ah, aquele esboço eu não havia acabado, mas percebi que não sou muito bom para a criação da página pricipal (como pôde notar). Não vou usá-lo.

Mário Júnior (Discussão)19h01min de 30 de julho de 2011
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h12min de 17 de agosto de 2016

Ah... ok então. O Raylton acabou de criar um tópico nos diálogos comunitários sobre a nova página principal: Tópico:Wikilivros:Diálogos comunitários/Finalmente a nova página principal.

PS: poderia comentar no tópico sobre o desbloqueio do professor Virgílio e no da ativação do patrulhamento nas mudanças recentes?

Helder19h09min de 30 de julho de 2011
 
 
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h11min de 17 de agosto de 2016

Pode entrar no irc?

Raylton P. Sousa qualquer coisa estou aqui! =D15h04min de 18 de junho de 2011
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h11min de 17 de agosto de 2016

Pode entrar de novo?

Mário Júnior (Discussão)16h51min de 18 de junho de 2011
 

Níveis educacionais

Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h11min de 17 de agosto de 2016

Respondendo a um tópico antigo: hoje eu atualizei a parte dos níveis educacionais que vai até o nível profissionalizante. Veja os detalhes no tópico sobre o assunto.

Helder21h31min de 10 de junho de 2011