Física

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Ei, o que você acha de fazermos uma página de exercícios para cada capítulo? Assim, a página Introdução à Física/Energia mecânica/Exercício teria de ser movida para Introdução à Física/Energia/Exercício.

Mário Júnior (Discussão)18h08min de 10 de dezembro de 2012
Editado por 2 outros utilizadores.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Por mim é até melhor, tinha pensado nisso só que não tinha o módulo energia no dia que criei e nem olhei bem o texto quiz me concentrar na seção de exercícios.

O que eu pensei era tópico exercício aplica fórmula(aqueles que não tem que pensar) depois no final do capítulo dividido por grau de dificuldade.

Impressão minha ou livro não tem as fontes? Você tá usando que livros pra consulta?

Só posso editar a partir de sexta, estou meu sem tempo.

Sobre a nomenclatura vê com alguém de bot se da pra fazer isso, o povo aqui ta meio inativo, mas se não me engano o achimista(não sei se é assim que escreve) da wikipédia já usou aqui pra ajudar...

Aproveitando o que achou daquele link que te passei... http://www.lightandmatter.com/books.html

Analfabeta20h19min de 11 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Eu já comecei a fazer algumas alterações nas páginas dos livros. E as páginas que escrevi, eu não utilizei fontes (a fonte foi o cérebro, rsrsrs). A respeito do link, achei interessante.

177.156.58.18323h07min de 11 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Ops! Tinha me esquecido de logar.

Mário Júnior (Discussão)23h10min de 11 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Que tal alterar a ordem de capítulos? Geralmente se ensina em Mecânica:

  1. Cinemática
  2. Dinâmica
  3. Trabalho
  4. Energia
  5. Equilíbrio de corpos extensos

Se não me engano se ensina primeira e terceira lei da termodinâmica e depois a segunda por ser mais complexa.

Vou pegar uns livros depois(tenho que arrumar uma escada) e dou uma conferida se tem mais coisa em lugar diferente do tradicional.

Analfabeta17h13min de 13 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Acontece que a explicação de forças se encontra no capítulo dinâmica. Não teríamos como explicar força de atrito (do capítulo cinemática), por exemplo, antes mesmo de explicar o que é uma força! Em relação à estática, eu concordo.

Mário Júnior (Discussão)19h17min de 13 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Você trocou lá Introdução à física/Dinâmica no referencial não inercial/ por Referencial não-inercial propositalmente?

A ideia como deixei entre parênteses é trabalhar a dinâmica no referencial não inercial usando os conceitos de Einstein que cria a explicação sobre a força inercial e centrífuga (note não é centrípeta). Não entendi Força de tração não faz o menor sentido para mim explicar essa força a ideia seria algo como no capítulo 4 do livro do Renato Brito (site a editora).

Analfabeta20h03min de 13 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Eu coloquei lá propositalmente, porque o referencial deveria ser explicado em movimento (conforme o parenteses no índice).

Mário Júnior (Discussão)20h09min de 13 de dezembro de 2012
 
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

E eu sei que a força de tração não tem nada a ver. Ela estava faltando no livro e eu coloquei no capítulo cinética.

Mário Júnior (Discussão)20h11min de 13 de dezembro de 2012
Editado por 2 outros utilizadores.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Não mas principio de equivalência é dinâmica e não cinética(cinemática?)

Analfabeta20h15min de 13 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

É que este índice eu acho meio confuso. Veja só, as explicações sofre referencial começam na página movimento, e como trata-se de uma continuação do conteúdo sobre referencial, devemos deixar próximo da página, mesmo sendo de dinâmica, entende?

Mário Júnior (Discussão)20h18min de 13 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Mas a questão é o capítulo não trata de referencial, mas sim como trabalha a dinâmica no referencial não inercial, ou seja, o máximo que abordaria sobre referencial não inercial seria o problema das leis de Newton no referencial não inercial e a complementariedade que o principio da equivalência de Einstein trouxe, entretanto isso tudo de forma breve, pois a ideia principal seria o estudos das forças quando o referencial é não inercial.

Talvez o nome não seja bom...

Analfabeta20h26min de 13 de dezembro de 2012
 
Editado por 2 outros utilizadores.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Agora tava olhando entendi o que estava falando.

Proponho remover torque já temos Introdução à física/Estática/Equilíbrio dos corpos rígidos e colocar Dinâmica novamente assim parece que o livro está errado e carregar não referencial ou pro fim de dinâmica 2(ou simplesmente dinâmica?) ou para depois de MHS ou até mesmo como apêndice (vários livros não abordam essa questão)

PS:Usei a palavra remover querendo dizer remover daquele lugar e colocar a baixo( ficou confuso )

Analfabeta20h54min de 13 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Poderíamos fazer assim: simplismente apagamos o título dinâmica, deixando o título mecânica. Daí trazemos, apenas o título, para antes de estática como novo capítulo:

  1. Mecânica
    1. Leis de newton...
  2. Cinemática
  3. Dinâmica
    1. Referencial...
  4. Estática
  5. ...
Mário Júnior (Discussão)00h52min de 14 de dezembro de 2012
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h13min de 17 de agosto de 2016

Eu gostei, vou fazer.

Analfabeta12h27min de 16 de dezembro de 2012