Iniciação à Pesquisa Científica em Saúde/ Comparação entre grupos: conceitos básicos, fundamentos, indicações e limitações dos principais testes de comparação entre grupos amostrais.

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O conceito de inferência em estatística nos permite analisar amostras de uma determinada população, testar hipóteses e supor como estes resultados seriam na população inteira. As amostras nos permitem estudar doenças, contextos de saúde ou exposição de forma confiável, desde que devidamente dimensionadas e selecionadas, viabilizando inúmeros estudos científicos. Aqui apresentaremos os fundamentos para analise dos principais testes estatísticos empregados na pesquisa científica em saúde, para análise comparativa entre grupos amostrais.

El niño enfermo 1886 - Arturo Michelena.jpg

Neste capítulo, você poderá encontrar exemplos de sua aplicação aplicados à análise de dados biomédicos. O tema foi organizado nos seguintes tópicos:

VOLTAR PARA PÁGINA PRINCIPAL[editar | editar código-fonte]

Exercícios resolvidos[editar | editar código-fonte]

Predição do peso ao nascer

Hipertensão arterial em gestantes I

Cor do veículo e acidentes

Vacina Dengue

Insuficiência renal III

Insuficiência renal II

Infarto e tabagismo I

Meningite pneumocócica

Bebês GIG

Saúde materno-infantil III

Saúde materno-infantil II

Saúde materno-infantil I

Estudo FRICAS II

O coração de BH

Uso de drogas II

Uso de drogas I

Resfriados

Lazer e estado nutricional III

Risco para hipertensão em crianças

Prática de esportes I

Glicemia capilar e diabetes

Asma infantil

Escore APACHE I

O caso do no-febre

Atraso no cartão de vacinas II

O grupo controle

Mortalidade e diabete

Dor do infarto I

Bebê GIG

Planejamento de estudo

Sal e hipertensão arterial