Logística/Sistemas de informação/Indicadores de desempenho/Indicadores de utilização de recursos: pessoas

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Etapas de desenvolvimento - 9 fases
Início: 0de8.svg Básico: 1de8.svg Criação: 2de8.svg Desenvolvimento: 3de8.svg Maturação: 4de8.svg Revisão: 5de8.svg Desenvolvido: 6de8.svg Finalização: 7de8.svg Abrangente: 8de8.svg

De acordo com White Jr. (1985, p. 323), se a produtividade for definida como a produção por homem-hora, o único recurso tido em conta são as pessoas. Os dois métodos tradicionais usados no aumento da produtividade são a substituição do trabalho por capital ou tecnologia e o desenvolvimento de métodos de trabalho mais eficientes. Enquanto o aperfeiçoamento dos métodos e das tecnologias contribuiu para a melhoria da produtividade na produção, há uma oportunidade considerável para melhorias nas áreas da movimentação de materiais e armazenagem. Poucas organizações têm desenvolvido novos métodos e padrões de trabalho para a movimentação de materiais e armazenagem, apesar de ambas utilizarem mão de obra intensivamente. Além desses dois métodos para melhorar a produtividade, esta pode ser também aumentada por melhorias na gestão. Estar ocupado não significa, necessariamente, ser produtivo, logo é necessária uma boa gestão que garanta que as pessoas estão a ser produtivas.

As medidas que são utilizadas para avaliar a utilização de pessoas na movimentação de materiais são a:

  1. 7de8.svg Mão de obra na movimentação de materiais; a
  2. 7de8.svg Mão de obra directa na movimentação de materiais; e a
  3. 7de8.svg Perda de mão de obra directa em movimentações