Logística/Sistemas de informação/Rastreabilidade/Unidades de expedição

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

<br.> As unidades de expedição são itens que não se destinam a ser vendidos directamente ao consumidor. Uma unidade de expedição pode ser um produto simples ou um conjunto de produtos embalados de modo a facilitar o manuseamento, armazenagem, encomenda, preparação ou expedição.

Figura 1: Codigo EAN-14

O código EAN-14 ou ITF-14 (Figura 1) consiste no EAN do produto precedido de uma variante logística de 1 dígito, sendo esta diferente para cada nível de embalagem e composta por um dígito de 0 a 9 escolhido pelo fabricante de acordo com as suas necessidades específicas (Rodrigues, 2007, p. 44-45):

  • 0: Este valor converte o símbolo ITF-14 directamente no código EAN-13. No entanto não se considera 0 como uma variável logística, logo não se deve utilizar.
  • 2: Utiliza-se para os códigos internos do utilizador, para circulação limitada de unidades de despacho. As unidades de despacho com esta variável logística só podem usar-se dentro de um circuito fechado sob a responsabilidade do utilizador que deve garantir que a sua circulação se limite à própria empresa, evitando assim que este código possa ser lido fora do seu domínio.
  • 1 e 3 a 6: Estas variáveis logísticas são definidas pelo produtor como indicador de quantidade determinada, distinta da quantidade da unidade de consumo EAN-13. Desta forma, para uma unidade de consumo EAN-13, a variável logística, VL = 1 pode significar «Cartão de 24 unidades de consumo» e VL = 3 significa «Cartão de 48 unidades de consumo». Os produtores têm a responsabilidade de informar os seus clientes do valor que usam para cada variável logística de modo a que esta expresse a quantidade de unidades de consumo para cada DUN-14.
  • 7 e 8: Processa-se de forma igual ao caso anterior, mas o produtor reserva estes valores para indicar que a unidade de despacho contem outras unidades de despacho.
  • 9: Indicador de quantidade variável. O valor VL = 9 indica ao leitor, entenda-se por leitor um computador/scanner, que deve ler no seguimento do símbolo ITF-14, um segundo símbolo ITF de 6 dígitos conhecido como ADDENDUM ADD-ON, que identificará quantidades variáveis da unidade de consumo EAN-13.