Curso de termodinâmica/Exercícios de termodinâmica/A37

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Curso de termodinâmicaÍndice dos exercícios
A1 A2 A3 A4 A5  A6  A7  A8  A9  A10  A11  A12  A13 
A14  A15  A16  A17  A18  A19  A20  A21  A22  A23  A24  A25  A26 
A27  A28  A29  A30  A31  A32  A33  A34  A35  A36  A37  A38   


Enunciado[editar | editar código-fonte]

Um frasco de 250 ml contém Criptônio a uma pressão de 500 mmHg. Um outro, de 450 ml, contém Hélio a uma pressão de 950 mmHg. O conteúdo dos dois frascos é misturado, conectando-se e abrindo-se as tampas. Supondo que todas as operações foram feitas a uma temperatura constante e uniforme, calcular a pressão total final e o volume percentual de cada componente. Negligenciar o volume das conexões.

Solução[editar | editar código-fonte]

O volume final total é de 250 + 450 = 700 ml

Aplicamos para cada gás a lei de Boyle :


  • para o Criptônio


  • para o Hélio :


A pressão total será, portanto, 178,6 + 610,7 = 789,3 mmHg

As frações de cada componente serão: