Proposta: Ativar sistemas para análise de páginas

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Editado por 2 outros utilizadores.
Última edição: 08h12min de 17 de agosto de 2016

O patrulhamento continua funcionando normalmente nos domínios em que a FlaggedRevs não está habilitada (como o user talk).

Em relação aos demais domínios, agora que a extensão está ativada, a exclamação ! que indica quais páginas das mudanças recentes ainda não foram patrulhadas é removida assim que alguém avalia a página (usando a interface que aparece no rodapé, onde há um botão para "Aceitar a edição"), como "objetiva" ou "precisa". Ao contrário do antigo patrulhamento, é possível desfazer a ação em caso de aceitar uma edição acidentalmente (fiz o teste aqui).

Poderia me atribuir a flag de "revisor" na Especial:Privilégios? Como admin só pude me conceder a de editor.

Helder13h35min de 30 de novembro de 2011
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h12min de 17 de agosto de 2016

$wgGroupPermissions['sysop']['stablesettings'] = true; não está funcionando ou eu que não sei usar? alguém pode perguntar no irc qual o problema?

Raylton P. Sousa qualquer coisa estou aqui! =D22h31min de 30 de novembro de 2011
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h12min de 17 de agosto de 2016

Se eu entendi direito a documentação, essa permissão faz com que possamos usar a Especial:Estabilização/... para redefinir qual a versão exibida por padrão para certas páginas do projeto ("A edição mais recente" ou "A edição publicada; se inexistente, então a revisão mais recente").

PS: Essa página especial é meio difícil de encontrar, já que não está na Especial:Páginas especiais, então caso se esqueça qual o nome da página, pode clicar em "proteger" em qualquer página, e terá uma mensagem no topo com um link para a página Especial:Estabilização... Foi assim que a encontrei.

Helder22h45min de 30 de novembro de 2011
 
Editado por 2 outros utilizadores.
Última edição: 08h12min de 17 de agosto de 2016

Agrupar Helder a revisores. Yes check.svg Feito

Marcos A. N. de Moura (Discussão)21h05min de 1 de dezembro de 2011