Civilização Egípcia/Último período/Dinastias do último período/31ª Dinastia

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mapa do Império Persa em 490 a.C.
Dinastia 31

31ª Dinastia[editar | editar código-fonte]

A chamada 31ª Dinastia teve inicio após os exércitos persas derrotarem os egípcios.

  • Ochus (Artaxerxes III)
  • Arses
  • Darius III Codomannus
  • Ochus (Artaxerxes III)

Foi rei da Pérsia durante vinte anos e governou o Egito por pelo menos seis anos.

Houve duas campanas dos persas contra o Egito. Na primeira, os persas recuaram mas a segunda foi mais violenta.

Durante a ocupação do Egito, houve muita crueldade, massacres, os persas profanaram os templos e roubaram muitas obras de arte. Esta foi a segunda campanha de Artaxerxes III contra o Egito.

De acordo com o historiador grego, Diodoro de Sicília, o vizir Bagoas, (um eunuco, muito poderoso e violento) foi responsável pelo assassinato de Artaxerxes III.

arte aquemênida

Este Bagoas se tornou famoso por assassinar toda a família real, mas existe um tablete no Museu Britânico (BM 71537), escrito em caracteres cuneiformes, que registra o fato do rei Artaxerxes ter morrido de causas naturais.

  • Arses

O filho de Artaxerxes que o sucedeu no trono do Egito.

Pode ser que o vizir Bagoas tenha sido o responsável pela sua subida ao trono. Se foi isso que ocorreu, existe a possibilidade de Bagoas ter decidido manter Arses no trono como um fantoche.

É possível que um cidadão muito rico do Alto Egito, talvez mesmo fosse de origem líbia, Khabebesh, tenha se declarado faraó nessa mesma época. Ele foi apoiado pelo povo que sofria sob os persas e deve ter governado escondido, para não ser morto.

O fato é que seu nome com os títulos de faraó, foram encontrados em diversos locais, inclusive

Detalhe do mosaico que mostra o pavor nos olhos de Darius III na batalha com Alexandre

numa estela de Ptolomeu I, em papiros do primeiro ano de seu reinado e amuletos encontrados na tumba de Horemheb em Mênfis.

Existem fontes que afirmam que Bagoas assassinou o rei Arses.

  • Darius III Codomannus

Esse rei era sobrinho de Artaxerxes e ocupou o trono após Arses. Reinou durante seis anos até que o exército de Alexandre Magno entrou no Egito. Darius III foi derrotado na Batalha de Issus e fugiu.

Alexandre não o capturou, mas ele foi assassinado mais tarde, pelo seu próprio general, Bessus, o Sátrapa da Bactria.

Darius III foi o ultimo governante persa do Egito.