Sexo/O lado psicológico

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikibooks-logo-pt.svg Este livro ou módulo precisa ser formatado segundo o modelo wiki e/ou organizado conforme as convenções do Wikilivros. (discuta)
Por favor ajude a formatar este módulo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.
Editor: considere colocar o mês e o ano da marcação.

O ser humano não procura o sexo motivado apenas por necessidades fisiológicas. Estão associados ao sexo também sentimentos de amor, carinho e amizade; necessidades de proteção e companhia e o desejo de constituir uma família[1].

Casal na fonte da praça Trafalgar, em Londres, na Inglaterra
Família da década de 1970

O sentimento de amor que está associado ao sexo é, para grande parte das pessoas, um das razões principais da existência. Grande parte dos livros, músicas, filmes e novelas que fazem parte do cotidiano das pessoas versa sobre este tema[2][3].

Ao mesmo tempo, a ausência ou a perda deste sentimento é responsável por grande parte da tristeza do ser humano, podendo originar até problemas de saúde[4]. De modo inverso, a prática de sexo pode ser favorável no combate à depressão, como indica um estudo que relaciona o beijo à diminuição da incidência de depressão[5].

A desilusão amorosa gera a famosa sensação de "coração partido"
Memorial para um soldado tcheco que se suicidou após uma decepção amorosa
O beijo, pintura de 1859 de Francesco Hayez. O beijo pode auxiliar no combate à depressão.

O estupro (relação sexual não consentida pela vítima e obtida através da violência) costuma causar sequelas físicas e psíquicas na vítima: doenças psicossomáticas, depressão, dificuldade em manter relações afetivas. Tais transtornos podem ser combatidos através de acompanhamento psicológico. Vale ressaltar que, na maior parte das vezes, o agressor é uma pessoa conhecida da vítima (noivo, namorado, pai etc.) [6]. Psicologicamente, o estuprador é uma pessoa com impulsos sexuais mais exacerbados que a média da população, impulsos estes que não consegue controlar.

Desenho de Utagawa Kuniyoshi retratando estupro

A ninfomania (vício por sexo) seria um nível intermediário entre a condição sexual normal e a condição dos estupradores.[7] Existem clínicas especializadas em tratamento de viciados em sexo, tratamento este que abrange: internação; controle de horários e de vestuário; limitação de televisão, telefone, visitas e internet; meditação; psicoterapia individual, de grupo e familiar e programas passo a passo. Define-se o vício em sexo como o momento em que o sexo passa a prejudicar a pessoa, ou o momento em que o sexo passa a ser compulsivo, sem controle. Considera-se curado o viciado em sexo a partir do momento em que o sexo volta a trazer felicidade para a pessoa, o momento em que a pessoa volta a ter controle sobre seu impulso sexual[8]. Uma das formas mais comuns e contemporâneas de vício em sexo é a visita excessiva a sites eróticos na internet (em alguns casos, mais de oito horas por dia), prejudicando o trabalho e a relação com o parceiro, que tende a ficar enciumado[9].

Muitas pessoas têm dificuldades em consumar o ato sexual, seja por impotência ou por ejaculação precoce (ejaculação antes que os parceiros sexuais consigam atingir prazer)[10]. Estes problemas podem ter origem física (diabetes, problemas circulatórios, efeitos de medicamentos etc.) ou psicológica (medo, ira, ansiedade, frustração etc.). O tratamento abrange psicoterapia para descobrir as causas psicológicas do problema e medicamentos. Vale observar que a ejaculação precoce é mais frequente nas pessoas jovens, enquanto que a impotência ocorre com mais frequência nas pessoas mais idosas[11][12]. Já outras pessoas têm dificuldades não em relação ao sexo propriamente dito, mas em relação às etapas preliminares que o antecedem (flerte, conquista, namoro). Visando a sanar este tipo de dificuldade, cresce atualmente o número de cursos voltados a técnicas de sedução, que se baseiam em exercícios de relacionamento interpessoal, dicas de moda, prática de esportes, pole dance, aulas de striptease, dança do ventre etc. [13] [14]

A ciência tem feito muitas descobertas no campo da sedução, como por exemplo:

  • andar com um cachorro facilita o contato com pessoas desconhecidas, pois o cachorro estimula o afeto das pessoas[15];
  • música romântica aumenta as probabilidades de conquista[16];
  • homens são mais atraídos por mulheres com os pés pequenos[17];
  • pesquisas confirmam que a riqueza e o alto status social tornam as pessoas sexualmente mais atraentes;
  • homens que se vestem de vermelho são mais atraentes que os que se vestem de outras cores[18]. A riqueza e o alto status social estão logicamente relacionados a uma maior probabilidade de manutenção confortável da prole resultante da relação. E a cor vermelha, em diferentes culturas, está relacionada à riqueza.
  • Estudos indicam que a presença de uma certa quantidade de "genes gays" aumentaria a atração sexual de um indivíduo, pois o homem com genes homossexuais tenderia a ser mais atencioso (característica feminina) com a mulher e a prole, enquanto que a mulher com genes homossexuais tenderia a ter um maior impulso sexual (característica masculina) do que a mulher sem esses genes[19]. Em relação ao homossexualismo, é interessante citar a opinião de Sigmund Freud, o criador da psicanálise. Ao contrário da opinião científica corrente, que advoga uma causa genética para o homossexualismo, Freud defendia que o homossexualismo era fruto de uma incapacidade do indivíduo de conseguir ter um bom relacionamento com o genitor do mesmo sexo, o que geraria uma busca pelo genitor do mesmo sexo na figura de um relacionamento homossexual. Caso a incapacidade fosse a de se relacionar satisfatoriamente com o genitor do sexo oposto, isto geraria uma ninfomania[20].
  • Homens preferem mulheres com o rosto bonito que mulheres com o corpo bonito na hora de escolher uma parceira para casar e ter filhos. A beleza do rosto está relacionada à fertilidade da mulher[21].
  • As mulheres, especialmente em seus períodos férteis, têm maior atração por homens criativos[22].
  • As mulheres sentem-se mais atraídas por homens com barba rala e bem-cuidada, pois denota virilidade[23].
O jogador de futebol e símbolo sexual David Beckham costuma usar uma barba rala e bem-cuidada
  • As pessoas tendem a sentir-se mais atraídas por pessoas que têm o mesmo estilo de linguagem que o seu[24].

Ainda que importante, o sexo não é o único componente das relações afetivas. Existe também a questão das afinidades, interesses em comum, que possam sustentar uma relação mais duradoura. A semelhança de idades faz parte desta questão, bem como a semelhança de formação cultural e nível sócio-econômico[25]. Freud levantava a hipótese de que grande parte dos relacionamentos amorosos seria baseada em uma idealização das características do parceiro. O convívio é que revelaria o que seria idealização e o que seria realidade nessa caracterização do parceiro e, baseado nessa análise, seria decidido o sucesso ou não da relação[26]. Pesquisas indicam que os filmes românticos tendem a criar uma imagem distorcida das relações amorosas, gerando uma idealização que, geralmente, não se concretiza nas relações reais, o que pode gerar frustração[27].

A prostituição é uma atividade antiquíssima e que sempre encontra espaço nas sociedades[28]. Em geral, os clientes procuram esse tipo de profissional porque têm dificuldades de conseguir parceiros sexuais ou então para procurar diversidade em seus relacionamentos sexuais[29]. Porém, em termos psicológicos, geralmente é uma relação desprovida de afeto[30]. E o sexo, dizem as pesquisas, é mais gratificante quando expressa um real sentimento entre os parceiros[31].

Durante a relação sexual, são comuns os gritos, gemidos, sussurros e palavreados obscenos, supostamente denotando excitação sexual. Porém estudos recentes indicam que, na maioria das vezes, tal comportamento não reflete real excitação sexual, mas apenas o desejo de estimular sexualmente o parceiro[32].

Existem uma diferenciação no papel de cada gênero sexual dentro da relação afetiva. Estudos indicam, por exemplo, que um casamento tem mais chances de ser bem-sucedido se a mulher for mais inteligente, mais jovem ou mais feliz com a relação que o homem. Ou se o homem adotar uma atitude protetora diante da mulher. Ou seja, a união ideal implica em papéis específicos para cada gênero sexual dentro da relação[33]. Pesquisas descobriram que a traição é maior em mulheres mais ricas e em homens dependentes financeiramente de suas mulheres[34]. O que comprova a diferenciação sexual dos gêneros, pois demonstra a insatisfação do homem, quando colocado numa posição dependente em relação à mulher. De modo análogo, a mulher costuma demonstrar insatisfação quando o homem está numa posição dependente.

Pesquisas indicam que a atividade sexual do casal tende a diminuir com o passar dos anos, fruto da monotonia da vida conjugal. Para revalorizar as relações entre os parceiros, especialistas recomendam investir mais tempo e cuidado na relação, através de: preocupação com os problemas do parceiro, viagens de férias e passeios sem a presença de outras pessoas, elogios sinceros ao parceiro, relações sexuais com ingredientes que quebrem a rotina, como óleos de massagem, fantasias sexuais, sexo inesperado etc.[35][36].

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20100204071235AADLKHT
  2. http://www.noticiaspopulares.info/populares/as-melhores-musicas-romanticas-dos-anos-80.html
  3. http://www.bicodocorvo.com.br/cultura/musica/letras-de-musicas
  4. http://ceticismo.wordpress.com/2007/10/11/problema-amoroso-faz-mal-ao-coracao/
  5. http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL394602-5603,00.html
  6. http://www.bdtd.ufu.br/tde_arquivos/7/TDE-2008-05-20T165158Z-988/Publico/Tatiana%20346KB.pdf
  7. http://www.redebomdia.com.br/Coluna/47/Compulsao+exagerada+ao+sexo+leva+a+ninfomania
  8. http://veja.abril.com.br/030310/sexo-tem-cura-p-100.shtml
  9. http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL253948-5603,00-CRESCE+NUMERO+DE+BRITANICOS+VICIADOS+EM+SEXO+DIZ+PESQUISA.html
  10. http://boasaude.uol.com.br/lib/ShowDoc.cfm?LibDocID=3037&ReturnCatID=1746
  11. http://www.virilplant.com/impotencia.htm
  12. http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?388
  13. http://www.seducaofatal.com.br/default2.asp
  14. http://www.wmulher.com.br/template.asp?canal=relacionamento&id_mater=277
  15. http://www.caocidadao.com.br/artigos_caes.php?id=345
  16. http://hypescience.com/musica-romantica-aumenta-as-chances-de-sucesso-de-uma-paquera/
  17. http://hypescience.com/porque-homens-se-sentem-mais-atraidos-por-mulheres-com-pes-pequenos/
  18. http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI4600746-EI8147,00-Homens+que+usam+vermelhos+sao+mais+atraentes+diz+estudo.html
  19. http://www.maringay.com.br/artigos/gene-gay/
  20. http://www.digestivocultural.com/colunistas/coluna.asp?codigo=1228
  21. http://minilua.com/cara-ou-bunda/
  22. http://minilua.com/10-coisas-que-nao-compreendemos-nos-mesmos/
  23. http://delas.ig.com.br/amoresexo/e+dos+barbudos+que+elas+gostam+mais/n1237947574688.html
  24. http://delas.ig.com.br/amoresexo/e+dos+barbudos+que+elas+gostam+mais/n1237947574688.html
  25. http://entretenimento.r7.com/famosos-e-tv/noticias/madonna-e-jesus-luz-se-separaram-20100203.html
  26. http://www.pensador.info/autor/Sigmund_Freud/2/
  27. http://hypescience.com/comedias-romanticas-afetam-romances-reais/
  28. http://sol.sapo.pt/blogs/contracorrente/archive/2007/02/25/A-PROFISS_C300_O-MAIS-ANTIGA-DO-MUNDO.aspx
  29. http://web.archive.org/20080923234020/pergunteaourso.wordpress.com/2008/07/16/por-que-os-homens-procuram-prostitutas-urso-explica/
  30. http://jn.sapo.pt/Domingo/Interior.aspx?content_id=1347916
  31. http://mauren.terra.com.br/noticias/comportamento/sexo-com-amor-e-melhor-diz-pesquisa
  32. http://oglobo.globo.com/vivermelhor/mulher/mat/2010/07/26/mulheres-usam-gritos-sussuros-para-controlar-parceiro-durante-sexo-mostra-estudo-917245096.asp
  33. http://super.abril.com.br/blogs/cienciamaluca/homens-machistas-sao-maridos-melhores/
  34. http://hypescience.com/homens-financeiramente-dependentes-traem-mais/
  35. http://viverintegral.com/index.php/comportamento/sexualidade/544-como-cultivar-o-interesse-sexual-no-casamento
  36. http://www.sexoemocoes.com.br/index.php/sexualidade-feminina/82
  37. MARKOVIC, E. El Secreto. Barcelona: Via Magna, 2007. 249 p.
  38. http://mdemulher.abril.com.br/beleza/reportagem/maquiagem/linda-seduzir-486152.shtml?slide_count=0#scroll