Português/Fonema/Pronúncia

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A pronúncia das palavras da língua portuguesa acompanham o sinal gráfico (acento), que indicam a sílaba tônica da palavra. Seguem as regras de acentuação já descritas anteriormente.

Enfraquecimento das sílabas átonas[editar | editar código-fonte]

Em certos lugares onde se fala o português ocorre o enfraquecimento da vogal nas sílabas átonas (fracas), esta passando a ter um movimento dos órgãos da fala mais rápidos que teriam. A substituição de vogais nas sílabas átonas mais comuns são:

  • E por I;
  • O por U;
  • L por U.

E algumas palavras em que ocorrem a declinação (as letras em que ocorre o enfraquecimento estão sublinhadas):

De /e/ por /i/ ou /ɯ/:

  • Leite: /ˈlej.te/ → /ˈlej.ti/
  • Escada: /es.ˈka.da/ → /is.ˈka.da/
  • Sorvete: /soʁ.ˈve.te/ → /soʁ.ˈve.ti/
  • Escola: /es.ˈkɔ.la/ → /is.ˈkɔ.la/
  • Dente: /dẽ.ˈte/ → /dẽ.ˈti/
  • Pote: /ˈpɔ.te/ → /ˈpɔ.ti/
  • Xale: /ˈʃa.le/ → /ˈʃa.li/
  • Chocolate: /ʃo.ko.ˈla.te/ → /ʃo.ko.ˈla.ti/
  • Diamante: /di.a.ˈmã.te/ → /di.a.ˈmã.ti/

De /o/ por /u/:

  • Vaso: /ˈva.zo/ → /ˈva.zu/
  • Cacho: /ˈka.ʃo/ → /ˈka.ʃu/
  • Urso: /ˈuʁ.so/ → /ˈuʁ.su/
  • Ovo: /ˈo.vo/ → /ˈo.vu/

De /l/ por [w] (/u/):

  • Mal: /mal/ → /maw/
  • Calda: /ˈkal.da/ → /ˈkaw.da/
  • Laranjal: /la.rã.ˈʒal/ → /la.rã.ˈʒaw/

Obs.: Note que, nestes casos, a mudança de /l/ para /w/ ocorre nas sílabas tônicas, embora também possa ocorrer em sílabas átonas. Observe:

  • Salgado: /sal.ˈga.do/ → /saw.ˈga.du/

Assim, é possível perceber que a mudança ocorre quando l ocupa a posição final da sílaba. Compare o l inicial da sílaba la, em "laranjal", com o l final da sílaba jal.

Monotongação[editar | editar código-fonte]

Monotongação é a anulação da semivogal de um ditongo em sílaba tônica. Este caso, muitas vezes, é tido como falta de educação, já que se está reduzindo a palavra. Entretanto, é um processo comum no português brasileiro. Como no caso anterior, não é válido para todos os falantes da língua portuguesa. Observe (em negrito as letras anuladas):

  • Chaleira: /ʃa.ˈlej.ra/ → /ʃa.ˈle.ra/
  • Clareira: /kla.ˈrej.ra/ → /kla.ˈre.ra/
  • Madeira: /ma.ˈdej.ra/ → /ma.ˈde.ra/
  • Queijo: /ˈkej.ʒu/ → /ˈke.ʒu/
  • Caixa: /ˈkaj.ʃa/ → /ˈka.ʃa/

O x e seus sons[editar | editar código-fonte]

A letra x no português pode indicar diversos fonemas, são eles:

/s/:

  • Auxiliar
  • ximo
  • Próximo

/s ~ ʃ ~ z ~ ʒ/:

  • Expectativa
  • Texto

/z/:

  • Exame
  • Exercício
  • Exército

/ʃ/:

  • Bruxa
  • Peixe
  • Roxo
  • Xadrez
  • Xale

/ks/:

  • Asfixiar
  • Axila
  • Axônio
  • Hexaedro
  • xico
  • Taxi

Também há casos em que o x não exprime som algum pois está em um dígrafo como na palavra exceção.

Escrita[editar | editar código-fonte]

Crystal Clear app xmag.png Ver artigo principal: Escrita

A pronúncia é uma das maiores influências nas mudanças que ocorrem na escrita. Com o passar do tempo, a pronúncia muda as palavras. Muitas línguas foram se formando assim, e muitas deixaram de existir por estas mudanças. A pronúncia pode confundir a maneira correta de se escrever as palavras. Dificilmente se escreve como se fala, pois cronologicamente a linguagem caminhou (ainda caminha) da fala, para escrita, não o inverso. A linguagem natural está sempre em evolução, logo é uma verdade tanto na modalidade falada quanto escrita.