Português/Fonema/Dígrafo

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O dígrafo é o encontro de duas letras em uma mesma palavra representando um único fonema, as letras podem estar na mesma sílaba como em sílabas diferentes.

Observações: Não confundir dígrafos com encontros consonantais.

O som dos dígrafos podem representar consoantes ou vogais nasais:

Representam consoantes[editar | editar código-fonte]

Os dígrafos que representam consoantes são, e exemplos:

  • chchapéu; chuva
  • lhgalho; palha
  • nhlasanha; companhia
  • rrcarro; amarrar
  • ssmassa; cassar
  • gugueto; guitarra
  • ququeijo; leque
  • scacréscimo; rescisão
  • creo; naam
  • xcexceção;
Observações: Naquelas palavras em que as duas letras do dígrafo pronunciam-se (exemplo: aguentar, escada, exclamar), os grupos xc, qu, sc e gu não são dígrafos - pois dígrafos representam um som.

Representam vogais nasais[editar | editar código-fonte]

Os dígrafos que representam vogais são:

am, em, im, om, um, an, en, in, on, un
Observações: No fim de palavras am e em não são dígrafos, porque representam um ditongo nasal, isto é, dois fonemas (exemplo: falam /fálãu/.)