Marcas nas fotografias de Werner Haberkorn/Vista parcial do Vale do Anhangabaú. São Paulo-SP 41

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< Marcas nas fotografias de Werner Haberkorn
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vista parcial do Vale do Anhangabaú. São Paulo/SP (metadados).

Lista de marcas identificadas[editar | editar código-fonte]

  • Coca-Cola
  • Extrato de Tomate Elefante
  • Gancia
  • Cica

Pesquisa sobre marcas[editar | editar código-fonte]

Coca-Cola[editar | editar código-fonte]

Em 1886 começou a história da Coca-Cola em Atlanta, nos Estados Unidos, com seu criador John Pemberton, um farmacêutico. Fabricada atualmente pela The Coca-Cola Company, sua sede mundial se encontra em Atlanta, EUA. Originalmente concebida como um remédio patenteado, a Coca-Cola foi comprada pelo empresário Asa Griggs Candler, cujas táticas publicitárias levaram a bebida ao domínio do mercado de refrigerantes no mundo ao longo do século XX.

A The Coca-Cola Company, também produz outros refrigerantes com a marca Coca-Cola. O mais comum deles é a Coca-Cola Diet, além de outros, como a Coca-Cola sem cafeína, a Coca-Cola Diet sem cafeína, a Coca-Cola de cereja, a Coca-Cola Zero e versões especiais com limão ou café. Em 2013, os produtos Coca-Cola podiam ser encontrados em mais de 200 países ao redor do mundo, com mais de 1,8 bilhão de doses de bebidas da empresa consumidas diariamente. Com base na pesquisa da Interbrand em 2011, a Coca-Cola foi considerada a marca mais valiosa do mundo.

Sua publicidade também chama muita atenção pois demonstra o discurso da marca, lançando-a no mercado. Não só pela intenção de vender a marca, mas também pela sua posição e cultura. Isso se evidencia na ideologia da marca com sua campanha “fábrica de felicidade”, que nos mostrou todo o processo de produção do refrigerante de uma forma divertida, um universo lúdico. Assim, a publicidade nos mostra uma produção para além de um produto, mas a produção de felicidade, sentimento tal que será despertado no consumidor.

Referências

https://pt.wikipedia.org/wiki/Coca-Cola https://www.cocacolaportugal.pt/historias/historia-bebida-mais-famosa-do-mundo

Extrato de Tomate Elefante[editar | editar código-fonte]

A marca de extrato de tomate Elefante, introdzida no mercado em 1941, é um dos principais produtos da Cica (Unilever).

O elefante verde que aparece na decoração das latinhas é o personagem Jotalhão, de Maurício de Souza. Foi oferecido à Cica e dentro de um processo de modernização do design do produto e da estratégia de comunicação da empresa, substituiu, em 1979, um desenho realista de um elefante que antes era utilizado pela Cica.


Referências

https://www.propagandashistoricas.com.br/2015/09/historia-do-molho-de-tomate-elefante.html http://mundodasmarcas.blogspot.com/2006/09/elefante-cica.html

Gancia[editar | editar código-fonte]

Gancia é uma empresa vinícola italiana. Foi fundada em 1850 por Carlo Gancia, em Piamonte, Itália. A marca foi a pioneira na criação do primeiro vinho espumoso, apesar de hoje em dia ser mais conhecida por seus aperitivos do que por seu mercado de bebidas.

Carlo Gancia nasceu em 1829 na Itália, entrou no ramo das produções de vinho junto com outras famílias italianas, as quais seguiram a tendência do século XIX que foi a produção de aperitivos. Numa criação tradicionalmente familiar a Gancia é uma marca que tem um legado em torno da inovação e da busca de sabores que acompanham as épocas, capaz de utilizar 20 tipos de uvas diversas do mundo.

Referências

https://es.wikipedia.org/wiki/Gancia

Cica[editar | editar código-fonte]

A Companhia Industrial de Conservas Alimentícias, como abreviação CICA, foi fundada no ano de 1964 em Jundiaí, em São Paulo. Foi uma famosa fábrica de alimentos em conservas com produtos como extrato concentrado de tomates, ketchup, molho de tomates, mostarda, milho e ervilha enlatados, massas, geléias, goiabada e marmelada, dentre outros. Em 1993, a CICA foi comprada pela Arisco, e esta, em 2000, foi adquirida pela americana Bestfoods, posteriormente incorporada à Unilever.

Referências

https://pt.wikipedia.org/wiki/Companhia_Industrial_de_Conservas_Aliment%C3%ADcias

Comentários sobre a fotografia[editar | editar código-fonte]

A fotografia foi tirada pelo fotógrafo alemão Werner Haberkorn. O artista veio para o Brasil por causa do regime nazista alemão. Junto com o seu irmão eles fundaram a empresa de fotografias Fotolabor, que registrava incríveis cartões postais das cidade de São Paulo e Rio de Janeiro. Acompanhando o desenvolvimento tecnológico e industrial que acontecia na época, as fotografias mostram a verticalização, mudança estrutural da cidade para prédios, e a automatização urbana, ou seja, os automóveis que tomaram conta das ruas das grandes cidades. A foto que registra o Vale do Anhangabaú, é um grande exemplo desse fato. O centro da cidade de São Paulo mostra claramente a verticalização urbana, com os grandes edifícios comerciais e o desenvolvimento automotivo, atrelado ao comércio que cresceu nessa região, os veículos que transitam por causa desse mercado, também cresceram.