Marcas nas fotografias de Werner Haberkorn/Vista parcial do Vale do Anhangabaú. São Paulo-SP 28

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< Marcas nas fotografias de Werner Haberkorn
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vista parcial do Vale do Anhangabaú. São Paulo/SP (metadados).

Lista de marcas identificadas[editar | editar código-fonte]

  • Goomtex

Pesquisa sobre marcas[editar | editar código-fonte]

Goomtex[editar | editar código-fonte]

A Goomtex foi fundada como uma fábrica de capas de chuva e abrigos, na cidade de São Paulo no início do século XX, pela família Zeiger, mais especificamente por Shaja Zeiger que, através de seu trabalho como alfaiate, pode fundar a fábrica Goomtex.

Foi só mais tarde que a fábrica tornou-se um grande negócio, através das mãos do irmão de Shaja, David Zeiger que junto com sua esposa Mila integrou a fábrica à Pullsport, uma companhia de malharia dos anos 60 que focava na moda feminina.

O crescimento da marca teve também relação com o milagre econômico entre os anos 60 e 70 e com o engajamento político de David Zeiger, dada sua amizade com o deputado Antônio Sílvio Cunha Bueno e apoio ao governo de Juscelino Kubitschek.

Referências

https://pt.wikipedia.org/wiki/David_Zeiger

https://www.amazon.com.br/Estampas-uma-Vida-Pioneirismo-pr%C3%AAt-%C3%A0-porter-ebook/dp/B01MSNKJQN

Comentários sobre a fotografia[editar | editar código-fonte]

Em suas fotografias, Werner Haberkorn tentava representar a recente urbanização da cidade de São Paulo. Nessa foto em específico podemos identificar algumas características da modernização, por exemplo, ao vermos os feixes de luz, que passam a sensação de velocidade, que se complementa com os veículos estacionados e pelas ruas alargadas, sinônimos do processo de urbanização e de automobilização. Outro fator que Haberkorn quis mostrar foi a verticalização da cidade, principalmente pela representação dos grandes edifícios que surgiam na cidade, algo presente em boa parte de suas fotografias de São Paulo.

Haberkorn decidiu utilizar o Vale do Anhangabaú como cenário nessa fotografia, pois era um cenário que transmitia muito bem a sensação de modernidade da capital paulista.

Ele também escolhe empregar o nível do chão para esta imagem, mostrando o quanto, comparado ao ser humano, os prédios e suas propagandas eram gigantescos, característica do avanço e da modernização da cidade de São Paulo.