Marcas nas fotografias de Werner Haberkorn/Praça da Sé - São Paulo - Brasil 2

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< Marcas nas fotografias de Werner Haberkorn
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Praça da Sé - São Paulo - Brasil (metadados).

Lista de marcas identificadas[editar | editar código-fonte]

  • Cera Pox Parquetina
  • Edifício Mendes Caldera
  • Alba
  • Intercap

Pesquisa sobre marcas[editar | editar código-fonte]

CERA POX PARQUETINA[editar | editar código-fonte]

A cera Parquetina é produzida no mercado desde 1898 pela empresa Cia, ela ficou bastante famosa ao fim da década de 1890 e em 1966 passou a liderar o mercado brasileiro em ceras.

Sua composição era a base de cera de abelha, cera de carnaúba e parafina. Utilizava-se a palha de aço, a cera e um esfregão para deixar o assoalho de madeira brilhando. A cera tem mais de 100 anos e continua sendo fabricada até hoje.

Referências

http://www.anosdourados.blog.br/2010/05/imagens-velharia-cera-parquetina.html

http://almanaquedacuriosidade.blogspot.com/2012/10/parquetina.html

http://www.clicrbs.com.br/pdf/17284519.pdf

EDIFICIO MENDES CALDEIRA[editar | editar código-fonte]

Em 1961 foi inaugurado “O maior negócio do Brasil“, em uma época onde só existiam prédios baixos, o Mendes Caldeira surgiu como o maior arranha céu já construído na região da Praça da Sé. O novo e moderno edifício tinha 30 pavimentos, fazendo o ser o maior de seus vizinhos, porém, foi na década de 70 que as obras da Estação do Metrô de São Paulo começaram, e começou-se a discutir uma possível desapropriação e demolição de alguns prédios que ficavam nas redondezas da praça da sé.

Dia 16 de novembro de 1975 o Mendes Caldeira foi abaixo. A implosão do arranha céu Mendes Caldeira foi a primeira implosão de um prédio no País, o prédio de 30 pavimentos foi demolido em apenas 8 segundos, a queda foi realizada para construir a linha principal do metro de São Paulo, a Sé, a qual liga as linhas norte, sul, leste e oeste.

Referências

http://www.saopauloantiga.com.br/edificio-mendes-caldeira/

https://www.estadao.com.br/blogs/reclames-do-estadao/edificio-mendes-caldeira/

https://acervo.estadao.com.br/noticias/acervo,predios-de-sao-paulo-mendes-caldeira,9684,0.htm

INTERCAP[editar | editar código-fonte]

A Intercap, Companhia Internacional de Capitalização, se trata de um consócio financeiro. Foi fundada em 1933, com o investimento de 800 mil cruzeiros e aproximadamente 22 funcionários. Tinha o objetivo de assegurar o controle e administração de posses e títulos, além de ajudar a população a adquiri-los e colaborar para o crescimento da economia nacional.

Foi comprada e anexada ao banco BI&P, Banco Indusval & Partners em março de 2013. Seu valor liquido era de aproximadamente 117 milhões de reais.

Referências

http://memoria.bn.br/DocReader/Hotpage/HotpageBN.aspx?bib=089842_06&pagfis=35082&url=http://memoria.bn.br/docreader#

http://memoria.bn.br/pdf/116300/per116300_1950_00129.pdf

http://memoria.bn.br/DocReader/Hotpage/HotpageBN.aspx?bib=089842_07&pagfis=63352&url=http://memoria.bn.br/docreader#

http://www.bip.b.br/pt/institucional/conheca-o-bip/historia

https://exame.abril.com.br/negocios/banco-indusval-aprova-compra-do-banco-intercap/

/Aqui entra pesquisa sobre a marca

ALBA[editar | editar código-fonte]

A Alba foi uma industria de sabão em pó micro-perolado, produto da empresa Samrig. Utilizava a imagem das mulheres para promover a imagem de excelência do sabão. Tinha aprovação e parceria com a SANBRA, Sociedade Algodoeira do Nordeste Brasileiro.

Referências

http://memoria.bn.br/pdf/093726/per093726_1965_00262.pdf

http://www.fazendogenero.ufsc.br/7/artigos/W/Woitowicz-Gadini_35.pdf

https://acervo.estadao.com.br/pagina/#!/19570428-25149-nac-0007-999-7-not

Comentários sobre a fotografia[editar | editar código-fonte]

Werner Haberkorn utilizou de algumas técnicas para enfatizar o processo da verticalização e de urbanização da cidade de São Paulo. Em suas fotos, foi possível transmitir uma nova interpretação da cidade por meio das técnicas utilizadas para transmitir uma ideia de modernização do centro urbano.

A verticalização da capital ficou evidente com a posição e o enquadramento das fotos, privilegiando alguns pontos importantes na visão do fotógrafo. O enquadramento ascensional (de baixo para cima) ou as imagens aéreas deixam em maior evidencia as mudanças da cidade, os edifícios se misturam entre seus usos residenciais, comerciais e de negócios, caracterizando assim um novo modo de convivência humana. Ele também utilizou os recursos de sombra e luz para dar contraste e enfatizar um foco principal.