Logística/Movimentação de materiais/Equipamento/Equipamento de movimentação de materiais/Transportadores/Chute conveyors

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Os “chute conveyors” são os modelos de transporte de materiais mais simples e também menos dispendiosos, não só no que diz respeito ao material que é utilizado para a sua fabricação mas também se demonstram bastante económicos na sua instalação e na sua manutenção.

São feitos geralmente de tapetes rolantes ou de grades de roletes accionados apenas pela gravidade. São muito utilizados em zonas de carga, pois permitem a acumulação do material a carregar. Utilizados também muito frequentemente em armazéns que demonstrem uma grande movimentação de paletes ou de embalagens, estes são montados como linhas de transporte entre dois pontos distintos e assim verifica-se uma rapidez e eficiência bastante boa no transporte de material. Outra vertente deste sistema é que não tem uma forma específica de transporte, ou seja, pode ser montado de forma a transportar na vertical ou na horizontal.

No transporte vertical o sistema mais usual é em forma de espira, este é desenhado de forma a transportar continuamente embalagens grandes e pequenas sem que estas se esmaguem entre elas ou se empurrem de forma a caírem fora ou dentro da linha de transporte. Este sistema apresenta uma grande capacidade de direccionar as embalagens ou produtos durante o transporte. Outra grande vantagem é a de não ocupar muito espaço horizontal e pode ser uma escolha possível afim de minimizar espaço para o transporte de materiais.

Uma das desvantagens deste sistema de transporte é que é necessária a embalagem do material e por vezes estas tendem a rodar e a tomar diversas direcções durante o seu transporte até a zona de carga, ou seja não existe uma forma específica de direccionar o material embalado afim de no seu destino estar na posição correcta para ser carregado.