Logística/Movimentação de materiais/Equipamento/Equipamento de identificação e comunicação automática/Identificação e reconhecimento automático/Etiqueta de identificação por radiofrequência

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


As etiquetas de identificação por radiofrequência e por onda acústica superficial (etiquetas SAW, surface acoustic wave) são utilizadas para armazenar e codificar dados, num pequeno chip incorporado na etiqueta (Tompkins et al. 2003, p. 284). Quando a etiqueta se aproxima do leitor, o chip é descodificado. As etiquetas de identificação por radiofrequência podem ser programáveis, ou codificadas, e lidas até 30 metros de distância do leitor. Já as etiquetas de onda acústica superficial são codificadas e só podem ser lidas num raio de 6 metros.

As etiquetas de identificação por radiofrequência e por onda acústica superficial são usualmente utilizadas para a identificação permanente de contentores, uma vez que estes equipamentos são duradouros, podendo substituir outras tecnologias de identificação automática que, em ambientes críticos, podem-se deteriorar e tornarem-se ilegíveis, com o passar do tempo.