Logística/Movimentação de materiais/Equipamento/Equipamento de armazenagem/Equipamento de armazenagem de pequenas cargas/Equipamento de armazenagem operator-to-stock/Estante dinâmica para caixas

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


A estante dinâmica para caixas é outro equipamento popular do tipo operator to stock. A armazenagem em estantes dinâmicas é usada normalmente para artigos que são armazenados em embalagens de tamanho e forma apropriados. As caixas são repostas nas traseiras das estantes no corredor de reposição e avançam/deslizam para substituir o espaço vazio deixado pelas embalagens que se encontravam na frente. Este movimento de trás para a frente assegura o sistema FIFO (first in, first out) do material.

O arrumo em estantes não é mais do que o sistema de prateleiras com rolos e com um determinado ângulo para fazer deslizar os materiais. Quanto mais profundas as secções, maior é o espaço dedicado à armazenagem em oposição ao espaço no corredor. A obtenção de espaço pode ser alcançada aproveitando o espaço acima da armazenagem em estantes dinâmicas para armazenagem de paletes.

Os custos da armazenagem por gravidade em estantes dependem da capacidade de suportar o peso e do comprimento das estantes. Idêntico ao sistema de estantes para caixas, a armazenagem em estantes dinâmicas para caixas tem um baixo custo de manutenção e encontra-se disponível em vários tamanhos e variedades de secção, de uma lista de vários fornecedores.

O facto de apenas uma embalagem de cada coluna de artigos estar localizada à frente, significa que um grande número de artigos são apresentados ao funcionário numa pequena área. Portanto, as deslocações e as exigências de mão de obra podem ser reduzidas com a implementação de um layout eficiente (Tompkins et al., 2003, p. 267-268).