Logística/Movimentação de materiais/Equipamento/Equipamento de armazenagem/Equipamento de armazenagem de pequenas cargas/Equipamento de armazenagem operator-to-stock/Estante para caixas

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


A estante para caixas é utilizada para armazenar pequenos produtos e representa um elevado volume de vendas pois está incorporada em vários sistemas. Os custos iniciais, facilmente configurados, instalados e de pequenos custos de manutenção, são a base deste equipamento. Os baixos custos inicias podem não ser os custos efectivos. É também importante recordar que apesar do investimento ser baixo, é possível não estar perante a melhor solução, com as prateleiras, poupança no investimento e manutenção pode significar subaproveitamento de espaço e maior exigência no trabalho.

Na estante para caixa não é habitual o aproveitamento total das dimensões das caixas. A altura das prateleiras é semelhante à altura dos operadores quando estes estão a fazer o picking. Duas consequências da pouca utilização do espaço são:

  • O pouco aproveitamento de espaço significa que para armazenar material é necessário mais área.
  • Quanto maior a área, maior a distância a percorrer para retirar artigos e por consequências maior o esforço exigido.

Algumas das desvantagens das estantes para caixas dizem respeito ao controlo de problemas e à segurança dos produtos.

Tal como em todos os tipos de equipamento, estas desvantagens têm de ser avaliadas e comparadas com as vantagens para escolher o equipamento apropriado (Tompkins et al., 2003, p. 264-265).