Logística/Gestão de desperdícios e rejeitados/Resíduos sólidos urbanos/Estações de transferência

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


As Estações de Transferência (ET) são uma componente estratégica na gestão de RSU que tem como objectivo optimizar os custos de transporte, minimizar o desgaste das viaturas, reduzir os recursos humanos e aumentar a área de intervenção de um sistema integrado de RSU.


Existem 3 tipos de ET, são eles os seguintes:


Estação de Transferência com fossa, consiste como o nome indica numa fossa existente na ET onde os veículos de remoção descarregam os resíduos e tem como problemas a dificuldade na limpeza das paredes para alem de existir uma acumulação de odores e poeiras.


Estação de Transferência com esvaziamento directo, que consiste num sistema onde os veículos de remoção descarregam os resíduos, tem como desvantagens a acumulação de odores e poeiras,o ruído gerado pela descarga e o grande desgaste que este sistema provoca no equipamento.


Estações de Transferência com compactação, consiste num sistema onde depois de descarregados os resíduos são compactados por uma prensa. Este é o tipo de ET mais utilizada devido a optimização da quantidade de resíduos transportados e devido a minimização de poeiras e de odores,a única desvantagem são os custos de implantação elevados.(Levy, 2006)