Logística/Gestão de desperdícios e rejeitados/Resíduos sólidos urbanos/Equipamento de deposição

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Os RSU indiferenciados podem ser depositados com a finalidade de serem removidos em: recipientes de tara perdida (como sacos), papeleiras ou contentores, identificados para essa finalidade e de acordo com as regras e o horário de recolha. No caso dos RSU diferenciados com destino à reciclagem, existem 2 tipos de equipamento de deposição, são eles: o Ecoponto e o Ecocentro.

Um ecoponto é um conjunto de contentores utilizado para depositar RSU como papel, embalagens, vidro e pilhas. Estão localizados em lugares públicos - por exemplo, feiras e mercados, escolas, complexos desportivos - e outros locais de grande produção de resíduos, incluindo zonas habitacionais. Cada contentor de um ecoponto apresenta cor e sinalética específica, relativa ao tipo de material que pode ser nele depositado. Os símbolos presentes nos contentores podem variar de local para local, pelo que é aconselhável observar com atenção a sinalética colocada nos equipamentos ou consultar a autarquia correspondente.


Contentor Azul – Papelão (papel e cartão)
Pode depositar
Não deposite


Contentor Verde – Vidrão (garrafas e embalagens de vidro)
Pode depositar
Não deposite


Contentor Amarelo – Plasticão (embalagens de plástico, metal e cartão complexo (embora em diversos sistemas as embalagens de cartão complexo sejam colocadas no contentor de papel e cartão)
Pode depositar
  • Garrafas de água, de vinagre e refrigerantes
  • Frascos de detergentes e produtor de higiene
  • Esferovite limpa
  • Sacos de hipermercado ou maiores
  • Películas de envolver embalagens ou grupos de embalagens
Não deposite


Contentor Vermelho – Pilhas


O ecocentro consiste num parque amplo com contentores de grandes dimensões destinados a receber e armazenar separadamente resíduos de grandes dimensões com viabilidade de valorização, recuperação e reciclagem, como os entulhos, restos de madeira e electrodomésticos antigos, mas também óleos usados.(Resíduos sólidos, 2004)