Laboratório de Redes/Colaboração em wikis e blogs

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O ambiente colaborativo de comunicação hipermidiática favoreceu a disseminação de formatos baseados nos registros públicos e online da interação social. Por meio desses formatos expandiram-se pela rede experiências de compartilhamento de informações que, muitas vezes resultam em processos criativos concebidos em regimes de co-autoria.

Segundo O’Reilly (2005) a compreensão da Internet como plataforma na qual o usuário pode, além de publicar, participar, sem um comportamento pré-definido, aproveitando a experiência de outros internautas. A Web 2.0, de acordo com o autor, oferece serviços e não um software empacotado, constituindo, assim, a era das tags e do play, com a possibilidade infinita de remixar conteúdos e até mesmo empregar a inteligência coletiva. Para O’Reilly (2005) a Web 2.0 é mais que uma tecnologia, é atitude. É neste contexto que o usuário tem a possibilidade de, por meio dos componentes da Web, colaborar e compor o ambiente em rede.

Abertura e colaboração são duas palavras chaves no que se refere às atividades que permitem que a Web 2.0 funcione como plataforma. Esses dois fenômenos são igualmente fomentadores dos efeitos de rede, dos efeitos e da eficácia da conectividade, que fazem crescer o valor de um produto ou serviço com o aumento do número de utilizadores: « usuários adicionam valor ». Blogs e wikis são duas das ferramentas que põem em operação a abertura e a colaboração, constituindo-se no coração da plataforma, no que diz respeito à publicação e ao compartilhamento. Trata-se da « atitude » que abarca ações como as de receber/modificar/publicar.

Os blogs, como é sabido, são sites cujo conteúdo é produzido por um ou mais autores e pelos leitores que participam com seus comentários (posts); ele tem a forma de um registro ou um diário datado e organizado em ordem cronológica invertida, posta em dia regularmente, que é recheado de links, de sons (podcast), de fotos (fotologs) e de vídeos (vídeoblogs).

Wikis são sites que qualquer um dos participantes de um coletivo determinado pode alimentar/editar. O mais conhecido dos wikis é a Wikipédia, uma enciclopédia on-line muito procurada e de consulta gratuita, que é realizada por qualquer internauta disposto a colaborar com o projeto. Por conseguinte, embora blogs e wikis sejam ferramentas muito diversas, eles tem muito em comum: a atitude de co-operação ou de co-laboração, baseada num modelo que já foi chamado de « arquitetura de participação ».