História do Brasil/O governo de Washington Luís

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< História do Brasil
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Washington Luís com seu ministério em 1926

Washington Luís assumiu a presidência em 15 de novembro de 1926 substituindo Artur Bernardes. Extinguiu os presídios políticos de Clevelândia e da Ilha da Trindade. As insatisfações políticas levaram à aprovação da "Lei Celerada", que novamente ilegalizou o Partido Comunista.

Enfrentou a quebra da Bolsa de Valores de Nova Iorque em outubro de 1919 e tentou estabilizar a taxa de câmbio e equilibrar o orçamento nacional.

Criou o Conselho de Defesa Nacional em 1927. O conselho foi o embrião dos órgãos de inteligência e segurança nacional do Brasil.

Uma de suas realizações foi a rodovia Rio-Petrópolis, a primeira rodovia asfaltada do Brasil, inaugurada em 1928. A rodovia era considerada na época como um grande marco da engenharia brasileira, pois muitos pensavam que as obras eram feitas por estrangeiros.

Em 23 de maio de 1928, Washington Luís foi baleado pela sua amante, a italiana Elvira Vishi Maurich, que tinha 28 anos de idade. O presidente foi internado e quatro dias depois a jovem foi encontrada morta.

No mesmo ano, o presidente americano Herbert Hoover visitou o Brasil.

Washington Luís publicou documentos antigos do Arquivo Nacional, que corriam riscos de serem destruídos por insetos. Também publicou as obras completas de Rui Barbosa.

Em 1929, Washington Luís apoiou Júlio Prestes, presidente do estado de São Paulo à sua sucessão, e como vice-presidente o presidente da Bahia Vital Soares. Então, rompeu-se a política do café com leite. Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraíba negaram apoio a Júlio Prestes, por isso, há a palavra "NEGO" na bandeira da Paraíba. Os presidentes dos três estados se uniram e formaram a Aliança Liberal, onde indicaram para a eleição presidencial o gaúcho Getúlio Vargas, e para vice-presidente, o presidente da Paraíba João Pessoa.

Em 1 de março de 1930, Júlio Prestes vence as eleições, derrotando esmagadoramente a Aliança Liberal. Em 24 de outubro de 1930, Washington Luís é deposto e sendo sucedido por uma junta militar, que entregou o poder a Getúlio Vargas em 3 de outubro de 1930.