História do Brasil/O governo de Itamar Franco

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Itamar Franco
Logomarca do governo de Itamar Franco

Itamar Franco assumiu a presidência em 29 de dezembro de 1992, quando Fernando Collor de Mello renunciou à presidência. O Brasil estava no meio de uma grave crise econômica, em 1993 a inflação chegou a 2708,55% (a maior da história do Brasil). Itamar trocou de ministros da economia várias vezes, até que Fernando Henrique Cardoso assumisse o Ministério da Fazenda.

Em abril de 1993 foi realizado um plebiscito para a escolha da forma e do sistema de governo do Brasil. 66% dos votantes foram favoráveis á república, enquanto 10% votaram a favor da monarquia. O presidencialismo recebeu 55% dos votos, enquanto o parlamentarismo recebeu 25% dos votos. Quase 30% dos votantes não compareceram ao plebiscito ou anularam o voto. Por causa dos resultados, foi mantido o regime republicano e presidencialista.

Em 27 de fevereiro de 1994, é lançado o Plano Real, que instituiu a Unidade Real de Valor (URV), estabeleceu regras de conversão, iniciou a desindexação da economia e lançou uma nova moeda, o Real. O plano enfrentou a Crise do México (1995), a Crise Asiática (1997-1998) e a Crise da Rússia (1998).

Itamar Franco foi sucedido por Fernando Henrique Cardoso, em 1 de janeiro de 1995.