História do Brasil/O Estado Novo

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< História do Brasil
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Propaganda do Estado Novo, mostrando Getúlio Vargas ao lado de crianças

O Estado Novo foi o regime político instaurado por Getúlio Vargas em 10 de novembro de 1937, que vigorou até janeiro de 1946. O regime foi caracterizado pelo anticomunismo, centralização do poder, autoritarismo e o nacionalismo.

Em 30 de setembro de 1937, o governo de Getúlio denunciou um suposto plano comunista para tomada do poder. O plano ficou conhecido como Plano Cohen. Em 10 de outubro de 1937, Getúlio Vargas, através de um golpe de estado, instituiu o Estado Novo, em um pronunciamento no rádio, no qual disse que o Estado Novo tinha como objetivo "reajustar o organismo político às necessidades econômicas do país". O novo regime era favorável a intervenção do estado na economia, como afirmou: "É a necessidade que faz a lei: tanto mais complexa se torna a vida no momento que passa, tanto maior há de ser a intervenção do Estado no domínio da atividade privada". O regime entendia assim a organização política de um país e a participação do cidadão na vida política do país, nas palavras de Getúlio: "A riqueza de cada um, a cultura, a alegria, não são apenas bens pessoais: representam reservas de vitalidade social, que devem ser aproveitadas para fortalecer a ação de Estado".

No mesmo dia, Getúlio Vargas determinou que o Congresso Nacional fosse fechado e foi outorgado uma nova constituição, a constituição de 1937. Em 2 de dezembro, os partidos políticos foram extintos. No dia quatro do mesmo mês, foram queimadas em uma cerimônia cívica no Rio de Janeiro as bandeiras dos estados federados. O Estado Novo era contra qualquer demonstração de regionalismo. Em 27 de dezembro de 1939, foi criado o Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP), que implementava a censura à imprensa e a propaganda do regime.

Durante o Estado Novo, houve o banditismo no Nordeste e uma repressão rigorosa ao comunismo. Foram criados a Companhia Nacional de Álcalis pelo decreto-lei nº 5.684, de 20 de julho de 1943, a Companhia Vale do Rio Doce pelo decreto-lei nº 4.352, de 1 de junho de 1942, o Instituto de Resseguros do Brasil pelo decreto-lei nº 1.186, de 3 de abril de 1939, a Companhia Hidrelétrica do São Francisco, o Conselho Federal do Comércio Exterior, a lei da sociedade anônima a Estrada de Ferro Central do Brasil e a Conselho Nacional do Petróleo.

Foi criada a Força Aérea Brasileira 20 de janeiro de 1941 e em 5 de outubro de 1942 a unidade monetária Réis foi substituída pelo Cruzeiro.

Getúlio Vargas foi deposto em 29 de outubro de 1945, por um movimento militar liderado por generais que compunham seu próprio ministério e que pôs fim ao Estado Novo.