Galaico-português/Lição I

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O galaico-português apresenta algumas particularidades que hoje não existem mais no português atual. A maior diferença é na parte da escrita que é bem antiquada e ainda assemelha-se ao latim vulgar, que deu origem as línguas românicas. Vemos agora a escrita do português arcaico.

B & V[editar | editar código-fonte]

  • A confusão entre essas letras não é muito significativa no galaico, o que acontece no espanhol, por exemplo. Em palavras terminadas em -vil (que hoje terminam em -vel) a troca acontecia com mais frequência, ainda vestígios do latim. Amabil ou amavil, mobil ou movil. Ou ainda em palabra ou palavra, jabali ou javali...

Ch[editar | editar código-fonte]

  • O dígrafo em questão não valendo como no som de chão, mas como o -qu- de monarquia, essa troca era muito comum, alguns até queriam excluir o -qu- da língua. Monarchia, cherubim, chimica...

Ç[editar | editar código-fonte]

  • Nesta época o uso do cedilha ainda estava iniciando-se, originado do provençal, o diacrítico poderia aparecer tanto no início de uma palavra quanto ao lado de e e i. Perçeber ou acreditem em çapato (depois de sepato, forma original)...

F & Ph[editar | editar código-fonte]

  • Esta pode ser a forma mais conhecida de todas, o dígrafo ph equivalia ao som de f. O mais conhecido pharmacia, além de phase, philosophia...

I, J & Y[editar | editar código-fonte]

  • Uma grande confusão acontecia por causa dessas três letras, com a falta de uma escrita padrão o j era usado como consoante e como vogal (som de i), em outros casos o uso do y era considerado chic. Igreija ou jgreija, cysne, ajnda, muito ou muj, ay...

Ll[editar | editar código-fonte]

  • Aparecia em poucas palavras, tinha o som de l convencional. Elle, ella, cabello, belleza...

Mn[editar | editar código-fonte]

  • No caso o m era mudo. Hymno, alumno, columna...

Ñ[editar | editar código-fonte]

  • Por influência do espanhol, contudo muito raramente aparecia . Sñor, raiña...

Rh[editar | editar código-fonte]

  • Estava presente em pouquíssimas palavras que o r valia como rr. Rhetorica, rhinoceronte...

ſ[editar | editar código-fonte]

  • Conhecido como s longo era amplamente usado nos textos até o século XIX, porém seu uso foi se desgastando devido à confusão com o f minúsculo. ſeguinte, aſegurar, aſsi, viſto...

Th[editar | editar código-fonte]

  • Este dígrafo também é bastante conhecido e equivale ao t normal. Theatro, mathematica, methodo...

U & V[editar | editar código-fonte]

  • Aqui realmente havia muitos problemas, pois além da falta de uma forma padrão era uma questão que vinha da grafia latina, portanto tradicional e que muitos apoiavam. O u na maioria das vezes aparecia no meio de uma palavra substituindo o v, porém mantendo o som da consoante; e o v muitas vezes aparecia no início de uma palavra no lugar do u, mas o som da vogal era mantido. Vltimo, cauallo, hinuerno, auer, vso...