Bichos da mata/Poraquê: diferenças entre revisões

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
[edição não verificada][edição verificada]
A maior curiosidade dele é o fato de dar choques, ele funciona como uma pilha, porque a frente do seu corpo tem carga positiva e a ponta da cauda tem carga negativa, isso quer dizer que, se uma pessoa pegar na cabeça e na cauda do peixe ao mesmo tempo, vai levar um choque capaz de fritá-la em segundos. Um choque do Poraquê é capaz de matar um cavalo.
 
Os índios foram mesmo muito observadores e devem ter sido colocados para dormir algumas vezes, e foi assim que o Poraquê ganhou esse nome tão inteligente.
 
O maior risco para quem nada no rio, é encontrar o Poraquê na superfície, quando ele sobe para respirar oxigênio.
 
==Reprodução==
Quando os rios enchem entre maio e junho, é a época dos peixes-elétricos namoraremse reproduzirem, e esseessa namororeprodução é dosuma das mais curiososcuriosas.
 
Nessa fase eles nadam soltando choques tremendos contra os outros machos. As fêmeas ficam fora do caminho. Quem vence a disputa do peixe ''mais chocante'', ganha a atenção da fêmea.
 
==Predadores==
Poluição de seu habitat natural, os rios.
Embora não saiba quais são seus predadores na natureza, sabemos que é necessário evitar poluir as águas porque esse peixe é muito sensível as mudanças na qualidade do seu ambiente.
 
 
Utilizador anónimo

Menu de navegação