Bioquímica/Cinética enzimática: diferenças entre revisões

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
[edição não verificada][edição não verificada]
m (format. cabeçalhos, format. listas, formatação dos links, format. <math> e pontuação, [usando regex])
 
== Progressão da reacção ==
Para que uma reacção enzimática se dê, ao enzima (E) e o substrato (S) têm de se encontrar e formar o '''complexo enzima-substrato''' (ES). Como referido anteriormente, embora este possa parecer um formalismo, a formação deste complexo é uma peça chave na compreensão da progressão de uma catálise. O complexo ES é lábil: ao enzima pode dissociar-se do seu substrato sem ter havido reacção. Este equilíbrio é expresso sob a forma:
 
:: E+S <math>\leftrightarrows</math> ES <!-- (k1 k-1em índice) -->
 
AO enzima pode então transformar o substrato num produto (P). Existe de forma transiente um complexo EP, havendo então dissociação deste complexo em enzima livre (E) e produto (P). Este mecanismo pode escrever-se na forma simplificada:
 
:: E+S<math>\leftrightarrows</math>[ES]<math>\rightarrow</math>E+P <!-- (k2 k-2 k3) -->
Utilizador anónimo

Menu de navegação