Discussão:Introdução à programação/Linguagens de programação

Ir para: navegação, pesquisa

Sobre este espaço de discussão

ATENÇÃO

A versão anterior, do Usuário:Marcos_Antônio_Nunes_de_Moura estava cheia de preconceitos e imprecisões. Por exemplo:

  • Sobre o Pascal: "É a típica linguagem usada para iniciar os cursos de Programação." - Pascal é muito mais do que uma linguagem para iniciar cursos de programação.
  • Sobre C: "O C é uma das maravilhas humanas". Quem disse? "Quase 60% dos programas existentes foram escritos nesta linguagem". Qual a fonte dessa estatística? O Usuário:Marcos_Antônio_Nunes_de_Moura parece estar cego para o potencial de outras linguagens.
  • Sobre o C++: "Com C++ é possível criar-se tudo...não há limites para o desenvolvimento de algoritmos em C++". Parece-me uma colocação simplória. "Ela é usada por quase todos os programadores do mundo inteiro" simplesmente não é verdade.
  • Sobre PHP, Python, Perl e Shell Script -- todas elas colocadas no mesmo item, como se fossem uma coisa só: "São scripts e não passam disso", "São fabulosas porque qualquer lerdo da informática poderá criar programas exceptionais com elas". Estas frases demonstram não apenas preconceito, mas também ignorância sobre os desenvolvimentos mais modernos da computação.

A versão atual da página procura dar um enfoque neutro à discussão, sem privilegiar C/C++, e sem comentários subjetivos sobre as linguagens de programação.

Resposta:
Regras para esta comunidade, pelo que tenho conhecimento:
  1. Quem não tem nada a esconder se identifica;
  2. Excluir texto sem exposição prévia dos motivos é considerado vandalismo, que exige exclusão imediata do que foi feito;
  3. Não fui eu quem escreveu o texto, estava apenas revertendo uma edição de um ANÔNIMO que excluiu ao seu bel prazer o que quis, sem sequer se importar com quem disperdiçou uma parte do seu tempo tentando escrever algo sobre o que conhecia e inserindo informações das quais não há como se considerar confiáveis depois de tais atos, no mínimo, suspeitos;
  4. As citações acima demonstram qualquer coisa mais para tendencioso do que para isento;
  5. Finalmente, a comunidade aqui conhece minhas ações e sua pretenciosa tentativa de denegrir minha conduta dificilmente sortirá efeito neste sentido.

--Marcos A. N. de Moura 02h15min de 16 de Junho de 2007 (UTC)

Com o Marcos. Salles Neto msg 02h34min de 16 de Junho de 2007 (UTC)


Resposta 2:

Apesar da forma agressiva do anônimo de impor sua opinião resolvi alocar algum tempo para avaliar as modificações impostas ao texto e adaptá-las ao texto original, assim como também devo analisar o texto antigo e verificar o que pode ser considerado controverso, substituindo por algo mais adequado. Agora, com calma vou responder os tópicos acima um a um:

Anônimo:
  • Sobre o Pascal: "É a típica linguagem usada para iniciar os cursos de Programação." - Pascal é muito mais do que uma linguagem para iniciar cursos de programação.
Resposta:
De fato, o pascal é muito mais que isso, mas isso não é pretexto para excluir o conteúdo, pode ser feita uma adição que melhore o texto, que de todo não é inverídico.
Anônimo:
  • Sobre C: "O C é uma das maravilhas humanas". Quem disse? "Quase 60% dos programas existentes foram escritos nesta linguagem". Qual a fonte dessa estatística? O Usuário:Marcos_Antônio_Nunes_de_Moura parece estar cego para o potencial de outras linguagens.
Resposta:
Pode-se dizer que dizer que o C é uma das maravilhas humanas poderia ser considerado tendencioso se a linguagem C tivesse sob a propriedade de alguma empresa, o que não é verdade, já o C# ... Sobre a percentagem de programas que foram escritos em C, não posso dizer que está correta pois não fui eu quem colhi os dados e sim o Usuário:lightningspirit, porém dizer que o C está no fim de vida também é uma afirmação um tanto questionável, certamente o anônimo deve pensar que C só se usa para programar para computadores pessoais, eu trabalho com sistemas embarcados e sei que no mundo, quando não se usa assembly nestes sistemas se usa C... Ora, vamos pensar bem, C é usada para desenvolver sistemas para uma gama de dispositivos que vão de relógios até componentes de estações espaciais!!!
Anônimo:
  • Sobre o C++: "Com C++ é possível criar-se tudo...não há limites para o desenvolvimento de algoritmos em C++". Parece-me uma colocação simplória. "Ela é usada por quase todos os programadores do mundo inteiro" simplesmente não é verdade.
Resposta:
A avaliação sobre a primeira afirmativa, considerando-a simplória, pode até ser verdadeira, mas é subjetiva e cabe ao leitor decidir sobre isto. A segunda realmente deve ser alterada.
Anônimo:
  • Sobre PHP, Python, Perl e Shell Script -- todas elas colocadas no mesmo item, como se fossem uma coisa só: "São scripts e não passam disso", "São fabulosas porque qualquer lerdo da informática poderá criar programas exceptionais com elas". Estas frases demonstram não apenas preconceito, mas também ignorância sobre os desenvolvimentos mais modernos da computação.
Resposta:
Mais uma gama de afirmações preconceituosas em relação ás linguagens e a quem as usa. Nada mais é necessário dizer sobre o mérito disto.
Anônimo:
Resposta:
Obviamente as informações podem ser incluídas sobre as mesmas, porém observando-se o princípio da imparcialidade, citar linguagens comerciais de forma parcial não é adequado e pode ser considerado simplesmente propaganda. Quaisquer outras linguagens podem ser citadas seguindo a mesma linha.
Creio que, podemos imparcializar as informações adaptando os textos, vamos ser justos, nem 8 nem 80 --Marcos A. N. de Moura 12h16min de 17 de Junho de 2007 (UTC)


Tréplica
Peço desculpas se os meus comentários pareceram agressivos; também não tive como objetivo denegrir sua imagem.
Eu fui um tanto apressado em minhas conclusões, achei que você havia escrito o texto original e desfeito as minhas modificações por discordarem das suas. Percebo agora que foi um erro de interpretação meu.
As mudanças que eu fiz tiveram com o objetivo melhorar o tópico.
Com relação a Java e C#, creio que devamos diferenciar as linguagens das implementações. Ambas as linguagens têm especificações abertas, tanto é que existem implementações livres (GCJ e Mono, respectivamente). Então não vejo problema em falar das linguagens, afinal elas realmente dominam o mercado da informática hoje em dia (infelizmente, na minha opinião).
Certamente
Também concordo, incluí as modificações que você fez, tendo o cuidado de imparcializar o texto, no mais também estou de acordo. Mas acho que seria bom que você fizesse o registro, para que as suas edições ficassem registradas e identificadas. --Marcos A. N. de Moura 16h07min de 19 de Junho de 2007 (UTC)

O histórico anterior da página foi arquivado para fins de backup em Discussão:Introdução à programação/Linguagens de programação/Arquivo LQT 1 em 2015-11-03.

Ao clicar em "Adicionar tópico", concorda com as nossas Condições de Utilização e em, irrevogavelmente, publicar o seu texto com as licenças CC BY-SA 3.0 e GFDL
Não existem tópicos antigos