Civilizações da Antiguidade/Os grandes caçadores

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Por volta de 8.500 a.C., os grandes caçadores, usando o sílex, a fabricação manufaturada de armas de caça como lanças e arpões, caçavam cavalos ,renas, mamutes e bisões.

Com o aprimoramento dos utensílios feitos a partir de ossos e chifres desses animais, a civilização de caçadores se expande, dando lugar aos primeiros povoamentos primitivos, deixando as cavernas para se fixar em um determinado lugar.

caçada por Emmanuel Benner

Os grandes caçadores, de mamutes, rinocerontes, bisões, passam a domesticar o cavalo e adquirem maior mobilidade, facilitando o processo de sedentarização.

Artistas[editar | editar código-fonte]

Há cerca de 40000 anos atrás, os homens já eram parecidos anatomicamente com os homens atuais.

colaboração de Mercy from Wikimedia Commons

Eles já viviam em grupos e sabiam fazer uma grande variedade de ferramentas. Afinal para sobreviver era preciso além de força, muita inteligencia e criatividade.

Dessa forma, os homens se uniram em grupos de modo que a vida ficava mais fácil para todos. Eles se abrigavam em cavernas e depois de aprender a lidar com o fogo, se reuniam em volta das fogueiras.

Nas cavernas esses homens deixaram manifestações artísticas que, hoje em dia, encantam quem as vê. Com os materiais de que dispunham, pintaram nas paredes das cavernas, cenas do seu dia a dia. Um dos temas preferidos eram os animais e as caçadas. Se imagina que as cenas seriam feitas para que, de maneira mágica, a caçada fosse um sucesso.

desenhando

Talvez eles achassem que dominando a figura do animal na pintura, também poderiam dominar o animal com facilidade.

Refeições[editar | editar código-fonte]

Como sabemos, a densidade populacional era baixa. As terras eram uma imensidão e havia muitos animais para fornecer alimento para as famílias.

Os homens já tinham as ferramentas e fogo então, partiam para a caçada e a carne era preparada para o consumo imediato. A carne era cortada com facas e talhadores lascados em pedras.

A pele era matéria prima para roupas e se necessário cobrir cabanas.

Não se sabe se ou quando eles aprenderam a temperar a carne para que não estragasse e assim pudessem estocar alimentos. Provavelmente parte do animal abatido virava carne seca para quando necessário.

Museu em Ulaanbaatar, Mongolia

Coleta[editar | editar código-fonte]

Os estudos presumem que enquanto os homens caçavam, as mulheres e crianças faziam a coleta. Em geral a natureza oferecia os alimentos, na forma de frutos, sementes e raízes. Podemos imaginar que depois do fogo, as refeições ficaram mais saborosas, mas, nem sempre a mãe natureza colaborava. Havia plantas que desapareciam em algumas épocas e nas estações mais frias era difícil conseguir bons alimentos.

A vantagem era poder estocar alimentos que demoravam a estragar e podiam servir para matar a fome mais tarde.