A Idade Média na Europa – Um olhar curioso/Nobres

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Nobres[editar | editar código-fonte]

casamento


O senhor feudal e sua família viviam nos castelos ou em grandes mansões, dependendo do seu poder e finanças.

Os camponeses e demais trabalhadores que tinham obrigações para com o senhor, eram por eles protegidos e da mesma forma, o castelo contava com a proteção dos seus súditos.

Os nobres viviam com muito conforto, muito mais do que mostram certos filmes onde vemos um castelo escuro e imundo. Nem demais para um lado, nem desenhos do príncipe encantado.

A parte principal era a torre do castelo onde se imagina que, o térreo era destinado a guardar alimentos pois era um local sem janelas. Os nobres viviam no primeiro andar onde os ambientes se abriam ou fechavam, de acordo com o interesse do momento.

A sala, poderia à noite, se transformar em quarto, montando-se a cama onde antes havia a mesa. Havia também o quarto das crianças pequenas, um gabinete e comodos reservados para visitas. No segundo andar ficava a sala da guarda, os dormitórios dos filhos mais velhos, sendo um quarto para os meninos e outro para meninas.

Também havia a capela e a biblioteca . Acima de todos esses aposentos ficava o terraço que era usado pelas sentinelas, apenas para vigilância.

cama medieval

Anexos a torre havia a cozinha e local para a criação de animais. É importante notar que os aposentos dos senhores já possuiam banheiros, que ficavam acima do nível das fossas. Em muitos castelos, havia uma decoração sofisticada, com tapeçarias que, além de enfeitar aqueciam os ambientes, pisos de terracota envernizados também demonstram os cuidados com os ambientes.

A cama, que a principio era desmontável, se transformou, com o tempo em um móvel com dossel e de alto luxo.

No final da Idade Média, já temos ainda mais conforto para os nobres, incluindo vidros nas janelas, grandes banheiros com bacias para os banhos.

Nos jardins, a família, parentes e amigos se reuniam para recitar poemas, cantar ou tocar e até mesmo ler em voz alta.

O senhor feudal tinha a obrigação de combater em época de guerra, coisa que, os camponeses na época da colheita não tinham. O senhor também era obrigado a exercer as funções de prefeito, juiz e delegado, resolvendo todos os problemas que surgissem.

Portanto, a vida dos nobres não era apenas de conforto e descanso, pelo contrário, era de responsabilidades para com o seu povo.



[[1]] [[2]]