Utilizador:Raylton P. Sousa/Citações

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Citações[editar | editar código-fonte]

Cquote1.png Mais do que inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo estará perdido.... Cquote2.png
Charlie Chaplin[1]


Cquote1.png O segredo para não ter tédio, pelo menos para mim, é ter ideias Cquote2.png
Eugène Delacroix


Cquote1.png Igualdade, justiça e liberdade são mais que palavras; são perspectivas!
Cquote2.png 
Alan Moore(V de Vingança[2])
Cquote1.png Acho que nenhuma ofensa se justifica por aqui, já que temos todos os mesmos objetivos(...) Se a condição para que alguém faça boas edições é ofender os outros usuários daquela forma, obrigado, mas não queremos essas edições... Cquote2.png
Jorge Morais[3]


Cquote1.png ...não precisa se preocupar com a possibilidade de toda esta trabalheira com a qual eu me envolvo não ser útil ao(s) projeto(s) no fim das contas: eu só me disponho a fazê-las porque ganho muito com isso (aprendo programação, tenho mais contato com outros idiomas, exercito a criatividade, e eventualmente tenho a chance de trazer soluções para coisas que incomodam as pessoas há tempos... e tudo isto já é suficientemente gratificante!)... Cquote2.png
Helder[4]


Cquote1.png Minhas idéias levaram as pessoas a reexaminar a física de Newton. Naturalmente alguém um dia irá reexaminar minhas próprias idéias. Se isto não acontecer haverá uma falha grosseira em algum lugar. Cquote2.png
Albert Einstein[5]


Cquote1.png Faça um plano, organize e seqüencie. Obedeça a seqüência, mas não hesite em quebrá-la se houver alguma pendência... Ordenadamente execute; mesmo que só lhe seja possível fazer muito pouco, não deixe de fazer... Depois de algum tempo, aqueles fragmentos sequenciados de trabalho serão fragmentos de uma grande obra. Cquote2.png
Marcos A. N. de Moura[6]
Cquote1.png Viva os loucos! Os rebeldes. Os que vêem as coisas de forma diferente. Enquanto alguns podem vê-los como loucos, nós os vemos gênios. Porque aqueles que são loucos o suficiente para pensar que podem mudar o mundo são os que, de fato, o fazem. Cquote2.png
Think Different - Apple Computer[7]
Cquote1.png No final dos anos 60, as pessoas eram muito amigas e tinha-se mais persistência. Os valores humanos eram tidos mais em conta. Vivia-se em comunidades, trocavam-se idéias. Você chegava sem medo para as pessoas. Falo com muito carinho dessa época. Eu aprendi muitas coisas. Cquote2.png
Zé Ramalho[8]

Referências

  1. Trecho do ultimo discurso do filme "O Grande Ditador", tradução livre de "More than cleverness we need kindness and gentleness. Without these qualities, life will be violent and all will be lost….".
  2. V for Vendetta, texto do filme que por sua vez é baseado nos quadrinhos de Alan Moore.
  3. Minha página de discussão, sobre o bloqueio de um determinado usuário.
  4. Diálogos comunitários, sobre língua portuguesa e como o wikilivros se comportaria diante de todas as suas vertentes.
  5. Citação de Einstein, sobre a constante transformação que o conhecimento sofre ao longo do tempo.
  6. Página do usuário, a persistência constrói
  7. tradução livre de "Here’s to the crazy ones. The rebels. The troublemakers. The ones who see things differently. While some may see them as the crazy ones, we see genius. Because the people who are crazy enough to think they can change the world, are the ones who do."(Eu vi essa indicação pela primeira vez na página de usuário do Virgílio)
  8. http://www.zeramalho.com.br/sec_news.php?page=1&id_type=2&id=27