O preconceito acadêmico

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Editado por outro utilizador.
Última edição: 08h12min de 17 de agosto de 2016

Vou discordar um pouco da visão do Marcos, não no sentido geral, mas na origem: boa parte dos professores possuem "preconceito" contra os projetos wikis. Preconceito justamente porque criticam os projetos mas não conhecem sua estrutura e seu funcionamento. Este problema não é um problema realmente "nosso": é uma restrição que estes professores possuem contra qualquer coisa que fuja do seu controle. Professores mais antigos,p.ex., acostumados a publicações clássicas, não aceitam apenas os projetos wikis ou qualquer coisa que inove esta relação: muitos deles são contra p.ex. projetos como o Arxiv, que é um projeto com bases científicas. Além disto, estamos acostumados com a cultura da "autoria", e considerar que uma construção coletiva (de 10 ou de 100 pessoas) é melhor do que a criação de um individuo, demanda alto esforço para algumas pessoas (p.ex. veja o preconceito contra o Linux durante muito tempo). A solução prática disto é: podemos melhorar, podemos estruturar os conteúdos da melhor forma possível, mas o caminho ideal no momento passa pelo "tempo" e pela "demonstração que os projetos wikis podem ser utilizados para fins acadêmicos". Quando falo em "tempo", cada dia mais a Wikipédia e os projetos correlatos estão sendo melhor percebidos pela comunidade acadêmica geral (falo isto comparado a como eramos vistos a 5 anos atrás, p.ex.). Quando falo em "demonstração", as atividades que a WMF e a WMBR estão fazendo, p.ex., buscando trazer às organizações e instituições acadêmicas o conhecimento de como utilizar as plataformas wikis é essencial. Comento a idéia da "Analfabeta" e sou absolutamente contra: devo lembrar que no início dos tempos, o projeto inicial do Jimmy foi a Nupedia, que atendia a todos estes requisitos científicos. E o projeto não decolou: só funcionou quando foi aberto ao grande público. Isto porque um individuo sozinho pode trazer grandes colaborações em sua área de conhecimento, mas um individuo deste com a colaboração de diversas pessoas, corrigindo, melhorando, formatando, etc, é mais eficiente.

Ozymandias (Discussão)20h37min de 16 de março de 2012