Suazilândia/Economia

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O principal produto agrícola cultivado no país é a cana-de-açúcar, que é produzida nas planícies do leste e que se destina principalmente à exportação. Também há grande produção de polpa de madeira, obtida nas montanhas do oeste do país. A região central, de altitude intermediária, produz laranja e abacaxi. Existem também reservas apreciáveis de carvão no país. É expressivo o envio de dinheiro de suazilandeses que trabalham na África do Sul.

Plantação suazilandesa de cana-de-açúcar
Banca de frutas na Suazilândia
Fronteira Suazilândia-África do Sul

A epidemia de AIDS vem causando grande impacto econômico, tanto pela queda da expectativa média de vida (caiu de sessenta anos, em 1990, para trinta anos, em 2010), quanto pelos gastos com os serviços de saúde.

A sociedade apresenta uma grande desigualdade de renda. Enquanto a família real detém a maior parte da renda, a maioria das unidades produtivas, residências luxuosas para as inúmeras esposas do rei, frota de carros de luxo e avião particular, setenta por cento da população vive abaixo da linha de pobreza. Grande parte da população depende do envio de alimentos da ONU para sobreviver.

Alfândega suazi. Na parede, retratos da família real suazi.

A moeda nacional é o lilangeni, cujo plural é emalangeni. O lilangeni tem paridade com o rand sul-africano.

Moeda de dez cents suazilandeses, mostrando o rei na frente e pés de cana-de-açúcar, a principal cultura agrícola do país, no verso