Sistemas de Informação Distribuídos/Computação Ubíqua nos Sistemas de Informação Distribuídos/Aplicações

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

RESUMO[editar | editar código-fonte]

Nessa seção serão abordados alguns exemplos de aplicações pervasivas e ubíquas

Introdução[editar | editar código-fonte]

As aplicações pervasivas inserem-se no ambiente de forma transparente, ou seja,o usuário usufrui dos serviços sem perceber - calm tecnology. Segundo [1], quando uma aplicação pervasiva é utilizado em um contexto de computação móvel é chamada de Computação Ubíqua.

Existe uma grande variedade de aplicações que utilizam ou podem utilizar conceitos da computação pervasiva e ubíqua. Dentre outras, um sistema pervasivo deve ser capaz de [2]:

  • Ser sensível ao contexto do:
    • Usuário;
    • Ambiente;
  • Produzir novos serviços e recursos em tempo real;
  • Descobrir novos serviços e recusos em tempo real;
  • Permitir acesso a serviços e recursos;

Classes de Aplicações[editar | editar código-fonte]

Em [1] é sugerida uma organização das aplicações da seguinte forma:

  • Computação Pervasiva no Ensino: dá suporte...
  • Computação Pervasiva Trabalho Colaborativo: oferece suporte....
  • Computação Pervasiva no Ensino: ....
  • Computação Ubíqua em Aplicações que exigem maior movimentação do usuário: ....
  • Computação Ubíqua na Residência Inteligente : ...
  • Outros domínios de aplicação: ...

Leituras Adicionais[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Araujo, Regina Borges. Computação Ubíqua, Princípios, Tecnologias e Desafios. XXI Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores, 2003
  2. Garate, A.; Lucas, I.; Herrasti, N.; Lopez, A. Ambient intelligence as paradigm of a full automation process at home in a real application Computational Intelligence in Robotics and Automation, 2005. CIRA 2005. Proceedings. 2005 IEEE International Symposium on, Vol., Iss., 27-30 June 2005 P. 475-479