Retórica e argumentação/Figuras de estilo/Apodixe

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Apodixe consiste em justificar uma declaração alegando se tratar de conhecimento comum.

Exemplo 1: "É uma verdade universalmente reconhecida que um homem solteiro em posse de uma boa fortuna deve estar em busca de uma esposa." (Jane Austen, Pride and Prejudice)

Exemplo 2: "Ora, como qualquer um sabe, as coisas desconhecidas amedrontam mais do que as conhecidas." (Giacomo Leopardi, Pensieri)

Exemplo 3: "Uma coisa ordinariamente e comumente percebida naqueles que se enamoram por belas mulheres; se eles de início não sabiam quem elas eram e venham a descobrir se tratarem de suas próprias irmãs ou filhas, sua luxúria imediatamente esfria por meio da razão que a toca e se interpõe." (Plutarco, Moralia)

Uso na retórica: A apodixe serve para fundamentar alegações e sinalizar ao interlocutor ou audiência que se está argumentando em terreno comum com ela. O abuso da apodixe pode corroer o ethos, pois soa arrogante considerar conhecimento específico ou mesmo opiniões pessoais como conhecimento comum. Ademais, a utilização da apodixe pode incorrer na falácia de argumentum ad populum.