Retórica e argumentação/Figuras de estilo/Adhortatio

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Esta figura consiste em uma exortação à ação por meio de promessas ou ameaças.


Exemplo 1: "Vocês e eu, cavalheiros, compartilhamos a labuta e compartilhamos o perigo, e as recompensas são para todos nós. Os territórios conquistados pertencem a vocês; dentre suas fileiras os governantes desses são escolhidos; uma grande parte destes tesouros passam para suas mãos, e quando toda Ásia for invadida, então irei além que a mera satisfação de suas ambições: as maiores esperanças de riqueza e poder que um dia vocês desejaram serão superadas, e quem desejar retornar à casa será permitido, seja comigo eu sem mim. Eu farei aqueles que ficaram a inveja daqueles que retornaram." (Alexandre Magno, discurso às margens do rio Hydaspes)

Exemplo 2: "Quando estudares filosofia e nela encontrar valor, nunca levarás uma vida em descontentamento, mas aprenderás a encontrar teu caminho em qualquer estado e curso de vida... Na riqueza te regojizarás, pois terás melhores meios de fazer bem a todos homens. Na pobreza também encontrarás felicidade na medida que terás menos preocupações e problemas. A glória será teu oásis, quando te encontrares tão honrado; enquanto seu anonimato não será de menor conforto, pois encontrar-te-ás a salvo e seguro da inveja." (Plutarco, Morabilia)