Português/Formação das palavras/Derivação

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Palavras derivadas e primitivas[editar | editar código-fonte]

As palavras podem ser classificadas de acordo com sua formação, em derivadas e primitivas. Chamam-se primitivas as palavras que possuem estrutura simples. As derivadas são as palavras que se formam a partir de uma palavra primitiva. A parte em comum entre estas palavras chama-se radical, que você viu no capítulo anterior.

Derivação[editar | editar código-fonte]

Quando se encontra um radical adicionado de desinências, vogais temáticas, e afixos, temos o exemplo de derivação, que se divide em

Sufixal - Temos esse tipo quando são adicionados morfemas após o radical da palavra, veja:
governo - governador
cessar - cessão
Prefixal - Temos esse tipo quando são adicionados morfemas antes do radical da palavra, veja:
governo - desgoverno
cessar - recessar
Parassintética - Temos esse tipo quando são adicionados morfemas tanto antes como após o radical da palavra, veja:
afunilar - a - funil - ar
enjaulado - en - jaul - ado
Imprópria - Temos esse tipo quando ocorre uma mudança gramatical nas palavras sem alteração da forma, veja:
Porto (cidade) - porto (lugar)
pereira (árvore - substantivo comum) - Pereira (sobrenome - substantivo próprio)
Ney" (vindo) - Ney" (nome)
Regressiva - Temos esse tipo quando o radical é reduzido para se formar uma nova palavra.
Combater - combate
Cantar - Canto
Trabalhar - trabalho
Segurar - seguro
Sacar - saque
Censurar - censura
Resumo - resumir
Comprar - compra
Estremar - estreme
Lanchar - lanche
Pescar - pesca
Por hibridismo - Temos esse tipo quando o radical é formado por palavras de vários idiomas.
Formação da língua portuguesa
Fonética: Metaplasmos · Metaplasmos modificadores
Morfologia: Estrutura das palavras · Afixos  · Lista de morfemas  · Formação das palavras · Derivação · Composição
História: História do português · A partir do galego-português · Novo Acordo Ortográfico