Português/Concordância/Concordância nominal/Plural

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Plural é a flexão em número de uma palavra — ela pode ser nominal (a de nomes) ou verbal (a de verbos) - as demais palavras não se flexionam. A variação de uma palavra ao singular consiste em unificá-la, tornar o significado da palavra um único elemento, enquanto o plural, para mais de um elemento.

Concordância nominal em número[editar | editar código-fonte]

Plural -s

A regra do plural em muitas palavras na língua portuguesa consiste apenas em acrescentar o sufixo -s. Os nomes e palavras dos adjuntos adnominais e verbais que recebem o -s são:

  • terminados em vogal: laranja(s), vela(s), barco(s), gato(s), etc.
  • terminados em ditongo oral: pai(s), heroi(s), trofeu(s), etc.
  • terminados em n, ãe ou ã: hífen(s), mãe(s), lã(s), etc.
  • algumas palavras terminadas em ão: mão(s), cidadão(s), etc.
  • algumas palavras terminadas em l (nesses casos retira-se a letra l): fuzil (fuzis), barril (barris), etc.


Plural -es

Esta regra é bem comum, mas nem tanto quando a do plural -s. Essa desinência é aplicada em:

  • terminados em r ou z: lar(es), mar(es), paz(es), etc.
  • algumas palavras terminadas em ão (nesse caso retira-se a letra o e acrescenta-se s): cão (cães), pão (pães), etc.
  • algumas palavras terminadas em l: mal(es)


Plural -is

Aplica-se o sufixo -is em:

  • algumas palavras terminadas em al, el, ol ou ul (nesse caso, retira-se a letra l e acrescenta-se is): plural (plurais), tal (tais), pastel (pastéis), atol (atóis), azul (azuis), etc.
  • algumas palavras terminadas em il (nesses casos, retira-se o sufixo il, acrescentando-se o sufixo is após a letra de ligação e): réptil (répteis), etc.


Plural -ns

Existem poucas palavras que seguem essas regras:

  • palavras terminadas em m: um -o artigo (uns), algum (alguns), atum (atuns), afim (afins), som (sons), tom (tons), fim (fins), álbum (álbuns), tótem (totens ou tótemes), etc.


Plural -ões
  • em algumas palavras terminadas em ão, retira-se o sufixo ão e acrescenta-se ões: feijão (feijões), limão (limões), acordeão (acordeões), etc.


Plural -'s

São em substantivos que representam:

  • letras: S's, A's, L's, O's, etc.
  • em numerais cardinais: 7's, 0's, 4's, etc.
  • em siglas e abreviaturas, estrangeiras ou não: HD's, GPS's, CD's, TV's, etc.


Palavras anômalas quanto ao número[editar | editar código-fonte]

Algumas palavras não seguem nenhuma regra:

  • pronomes retos da 1ª e 2ª pessoa: eu (nós), tu (vós);
  • pronome qualquer (quaisquer).

Existem também, palavras que possuem os dois números, não tendo alteração na palavra. É o caso de:

  • terminadas em x: box, tórax, etc.
  • terminadas em ps: triceps, biceps etc.

Além de existirem palavras que não mudam quando passam de um número ao outro, há palavras que possuem mais de um plural. É o caso de anão (anões/anãos).

Plural em palavras compostas[editar | editar código-fonte]

Em palavras compostas, o plural é:

  • se na composição existir um substantivo e um adjetivo, ocorre a concordância: cachorros-quentes, assembléias legislativas, amarelos claros, etc
  • se a composição for uma locução substantiva, o núcleo vai ao plural: noites de núpcias, pores-do-sol, trens-bala, arcos-íris, jardins de infância, etc.

Lembre-se! Palavras simples com hífen de prefixação possuem as regras de palavras simples (anglo-saxões, micro-ondas, etc).

Valores especiais[editar | editar código-fonte]

Crystal Clear app xmag.png Ver módulo: Valores especiais do plural

Os pronomes retos, em certos casos, possuem valores especiais quanto ao plural (plural de majestade e plural de modéstia).

Concordância verbal em número[editar | editar código-fonte]

São verbos que seguem as regras conjugais (formas dos modos indicativo, subjuntivo e imperativo). Assim como existem nomes anômalos, existem verbos anômalos.