Manual do Ubuntu/Gerenciando programas adicionais

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
< Manual do Ubuntu
Ir para: navegação, pesquisa

Gerenciando aplicativos adicionais[editar | editar código-fonte]

Embora a Central de programas do Ubuntu oferece uma grande biblioteca de aplicativos para você escolher, apenas os pacotes disponíveis nos repositórios oficiais do Ubuntu são listados. Às vezes, você pode estar interessado em um determinado aplicativo que não está disponível nestes repositórios. É importante compreender os métodos alternativos de acesso e instalação de software no Ubuntu, como o download de um arquivo de instalação manualmente a partir da Internet, ou a adição de repositórios extras. Primeiro, vamos olhar como gerir seus repositórios através de aplicativos e atualizações.

Programas e Atualizações[editar | editar código-fonte]

São as listas da Central de programas do Ubuntu que estão disponíveis em seus repositórios habilitados. Os repositórios podem ser adicionados ou removidos através da Central de programas do Ubuntu, basta ir até "Editar ‣ Canais de software".

[IMAGEM CANAIS DE SOFTWARE]

Gerenciando repositórios oficiais[editar | editar código-fonte]

Quando você abre "Programas e atualizações", você verá botões radio onde as quatro primeiras opções são ativadas por padrão:

  • Aplicativos livres e de código aberto suportados pela Canonical (main): Este repositório contém todos os pacotes de código aberto mantido pela Canonical.
  • Aplicativos livres de código aberto mantido Comunidade (universe): Este repositório contém todos os pacotes de código aberto desenvolvidos e mantidos pela comunidade Ubuntu.
  • Drivers proprietários para dispositivos (restricted): Este repositório contém drivers proprietários que podem ser necessárias para utilizar todos os recursos de alguns dos seus dispositivos ou hardware.
  • Aplicativos restritos por copyright ou questões legais (multiverse): Este repositório contém softwares possivelmente protegido de uso em alguns estados ou países por leis de direitos autorais ou de licenciamento. Ao usar este repositório, você assume responsabilidade para o uso de todos os pacotes instalados.
  • Código-fonte: Este repositório contém o código-fonte usado para construir pacotes de softwares de alguns dos outros repositórios. Criação de aplicativos de fonte é um processo avançado para a criação de pacotes, e normalmente é uma preocupação de desenvolvedores. A opção de código-fonte não deve ser selecionada menos que você tenha experiência com a criação de aplicativos de origem.

[IMAGEM CANAIS DE SOFTWARE]

Selecionando o melhor servidor de aplicativos[editar | editar código-fonte]

Para distribuir aplicativos e software, o Ubuntu fornece permissão para diversos servidores em todo o mundo.

Ao selecionar um servidor, você pode querer considerar o seguinte:

Distância ao servidor: Isso vai afetar a velocidade de downloads dos pacotes, os servidores mais próximos do usuário fornecerá taxas de downloads mais rápidos.

Provedores de Serviços de Internet: Alguns provedores de serviços de Internet oferecem baixo custo ou downloads ilimitados gratuitos a partir de seus próprios servidores.

Qualidade do servidor: Alguns servidores só podem oferecer downloads até uma determinada velocidade, limitando a taxa na qual você pode instalar e atualizar seus aplicativos em seu computador.

O Ubuntu irá automaticamente escolher um servidor adequado durante a instalação. Recomenda-se que essas configurações não sejam alteradas, a menos que a sua localização física muda significativamente a taxa de download ou se você se sentir que necessita de uma velocidade mais elevada. O guia a seguir irá ajudar a escolher um servidor ideal.

O Ubuntu oferece uma ferramenta para selecionar o servidor que fornece uma conexão mais rápida.

[IMAGEM ALTERANDO O SERVIDOR DE DOWNLOADS]

  1. Clique na lista ao lado de "Baixar de:" na janela "Programas e atualizações".
  2. Selecione "Outro..." na lista.
  3. Na janela "Escolha um servidor de download", clique no botão "Selecionar Melhor Servidor" no canto superior direito. O computador agora vai tentar uma conexão com todos os servidores disponíveis, selecione aquele com a velocidade mais rápida.

Se você está satisfeito com a seleção automática, clique em "Escolher Servidor" para retornar à janela de "Programas e atualizações".

Se você não está satisfeito com a seleção automática ou prefere não usar a ferramenta, o servidor mais rápido é muitas vezes o servidor mais próximo de você geograficamente. Neste caso, basta escolher "Outros", em seguida, encontrar o local mais próximo de sua localização. Quando você estiver satisfeito com a seleção, clique em "Escolher Servidor" para retornar à janela de "Programas e atualizações".

Se você não tem uma conexão de Internet, os aplicativos podem ser instalados a partir da própria mídia de instalação, inserindo-os e clicando na caixa sob "Instalar a partir do CD-ROM/DVD", uma vez que esta caixa estiver marcada, os meios de comunicação dentro do CD-ROM/DVD vai funcionar como um repositório on-line, e o aplicativo na mídia será instalado a partir da Central de programas do Ubuntu.

Adicionando repositórios de aplicativos[editar | editar código-fonte]

O Ubuntu torna fácil adicionar repositórios adicionais de terceiros à sua lista repositórios de aplicativos. Os repositórios mais comuns adicionados ao Ubuntu são chamados de PPAs. Um PPA é um repositório de pacotes pessoais, estes são repositórios online usados ​​para hospedar as versões mais recentes de pacotes de software, projetos digitais e outras aplicações. PPAs permitem a instalação de pacotes de aplicativos que não estão disponíveis nos repositórios oficiais, eles também permitem que você seja automaticamente notificado sempre que as atualizações para estes pacotes estiverem disponíveis.

É relativamente simples adicionar a sua lista de fontes de repositórios, se você souber o endereço web do site do PPA. Para fazer isso, você vai precisar usar a aba "Outros programas" na janela "Programas e atualizações".

No site do PPA, você verá um título na esquerda chamado "Adding this PPA to your system", onde terá um parágrafo curto contendo um PPA único sob a forma de "ppa:test-ppa/example". Destaque este PPA, selecionando-o com o mouse, clique com o botão direito e selecione "Copiar".

[IMAGEM SITE PPA]

Volte para a janela "Programas e atualizações", e na aba "Outros programas" , clique em "Adicionar..." na parte inferior. Uma nova janela irá aparecer, e você vai ver as palavras "Linha do APT:" seguido por um campo de texto. Clique com o botão direito do mouse sobre o espaço vazio neste campo de texto e selecione "Colar". Irá aparecer o PPA copiado a partir do site do PPA anterior. Clique em "Adicionar Fonte" para retornar para a janela "Programas e atualizações". Você verá uma nova PPA adicionada à lista com uma caixa de seleção marcada em frente (o que significa que está habilitada).

Se você clicar em "Fechar" no canto inferior direito da janela, aparecerá uma mensagem informando que "As informações sobre o software disponível estão desatualizadas." Isso é porque você acabou de adicionar um novo repositório para o Ubuntu, e agora precisa se conectar ao repositório e baixar uma lista de pacotes que ele proporciona. Clique em "Recarregar", e aguarde enquanto o Ubuntu atualiza todos os seus repositórios habilitados (incluindo este novo que você acabou de adicionar). Quando terminar, a janela será fechada automaticamente.