Logística/Sistemas de distribuição/Escala de veículos/Métodos de melhoramento

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

As heurísticas de melhoramento para PEV operam em cada rota separadamente, ou em várias rotas ao mesmo tempo, como descreve (Toth e Vigo, 2002e, p.121 e 122).

Melhoramento em rota simples: A grande maioria dos processos de melhoramento de PCV (problema do caixeiro viajante) pode ser descrito em λ-opt mechanism por Lin. Onde as bordas λ são removidas do circuito e os λ que sobram são conectados novamente de todas as maneiras possíveis. Se alguma nova conexão lucrativa, for identificada (a primeira ou a melhor), é implementada. O processo termina num mínimo local, quando não se consegue melhorar mais. Verificar se λ é solução óptima pode ser alcançado em tempo. Várias modificações do esquema inicial foram propostas.

Or propôs outro modelo denominado Or-opt, que consiste na deslocação de fios de 3,2 ou 1 vértices consecutivos para outro local. O que equivale a executar uma forma restrita de intercâmbios 3-opt. Verificar se Or é óptimo requer tempo.

Por outro lado Renaud, Boctor e Laporte elaboraram um método, onde se propõe um subconjunto de re-conexões promissoras entre a cadeiade no máximo bordas e outra cadeia de duas bordas. Verificar se este método denominado algoritmo 4-opt requer operações.

Melhoramento multi-rota: Thompson e Psaraftis descreveram no seu estudo um esquema geral b-cíclico, k-transferência, onde é sugerido uma permutação cíclica de rotas e clientes de cada rota são deslocados para a rota seguinte do ciclo de permutação. Aplicando sequências específicas do ciclo , as trocas -transferências (com ou variável e ou ) dão resultados interessantes. Van Breedam Classificou as operações de melhoramento como:

  • Fio em cruz (FC).

Dois fios de vértices são deslocados, cruzando duas bordas de duas rotas distintas.

Representação esquemática de fio em cruz. Imagem à esquerda antes, à direita depois
  • Fio trocado (FT).

Dois fios de no máximo vértices é trocado entre duas rotas.

Representação esquemática de fio trocado. Imagem à esquerda antes, à direita depois
  • Fio deslocado (FD)

Dois fios de no máximo vértices é movido de uma rota para outra, tipicamente com ou .

Representação esquemática de fio deslocado. Imagem à esquerda antes, à direita depois
  • Fio misturado (FM)

A melhor deslocação entre FT e FD é seleccionada.

Que podem ser vistos como casos especiais de 2 ciclos de trocas. Este processo é utilizado em PEV com janela de tempo.