Logística/Movimentação de materiais/Equipamento/Equipamento de movimentação de materiais/Veículos Industriais/Automated

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa



Em geral, este sistema pode ser dividido em três categorias básicas: o sistema padrão com controlos electrónicos básicos, o sistema avançado com microprocessadores ou controlos electrónicos sofisticados, e o sistema com microprocessadores e interface com outros sistemas para possibilitar a total automação do transporte de materiais.

Sistema padrão com controlos electrónicos básicos – Esta classe do sistema é simples no seu conceito e operação. Pode envolver três ou quatro estações de paragem e apenas um ou dois veículos associados a reboques.

Sistema avançado com microprocessadores ou controlos electrónicos sofisticados – Onde um determinado número de veículos é necessário e as linhas são mais longas e as rotas mais complexas. A sua enorme sofisticação permite o uso autónomo e automático de estações de carga/descarga e controlo remoto ou automático dos veículos. Como existem mais controlos a bordo dos veículos este sistema torna-se mais dispendioso. O aumento do número de balizas de bloqueio em zonas do chão, a complexidade da linha de guia, tal como a alimentação da mesma torna todo o sistema mais caro também.

Sistema com microprocessadores e interface com outros sistemas – Criar a ligação entre vários sistemas e sistemas autónomos dentro do mesmo local de trabalho permite e oferece inúmeras vantagens. Contudo o aumento da complexidade do sistema requer mais engenharia, software, e uma despesa adicional no planeamento do sistema mais o custo dos controlos sofisticados.