Logística/Movimentação de materiais/Equipamento/Equipamento de armazenagem/Armazenagem de unidades de carga/Equipamento para armazenagem de unidades de carga

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Etapas de desenvolvimento - 9 fases
Início: 0de8.svg Básico: 1de8.svg Criação: 2de8.svg Desenvolvimento: 3de8.svg Maturação: 4de8.svg Revisão: 5de8.svg Desenvolvido: 6de8.svg Finalização: 7de8.svg Abrangente: 8de8.svg

Os equipamentos para armazenagem ou descarregamento de unidades carga distinguem-se uns dos outros pelo seu preço, grau de automatização, alcance vertical e pela largura de corredor necessária. Os equipamentos com preços mais elevados são lógicamente aqueles que dispõem de maior alcance vertical, que operam em corredores mais estreitos e que oferecem um grau superior de automatização. Esta diferença de preços justifica-se devido à poupança feita em termos de espaço e de mão de obra. Na tabela 2 iremos analisar os vários equipamentos e comparar as suas características (Tompkins et al., 2003, p. 256).

  1. 7de8.svg Operador a pé
  2. 7de8.svg Condutor a bordo
  3. 2de8.svg Máquina de armazenamento automática
Tabela 2: comparação dos equipamentos para armazenagem de unidades de carga. (Fonte: Tompkins et al., 1996, p. 237).
Contrapeso Straddle Straddle reach Lateral Torre Híbrido Automatizado
Custo do equipamento (€) 30 000 35 000 40 000 75 000 95 000 125 000 200 000
Capacidade de elevação (m) 6,7 6,4 9,1 9,1 12,2 15,2 22,9
Largura do corredor (m) 3-4 2,1-2,7 1,8-2,4 1,5-2,1 1,5-2,1 1,5-2,1 1,2-1,5
Peso suportado (ton) 5 3 5 4 4 4 6 4 1 4
Velocidade de elevação(m/s) 0,4 0,3 0,25 0,25 0,4 0,3 0,5
Velocidade de cruzeiro (m/s) 2,8 2,4 2,5 2,2 2,5 2,5 2,5