Logística/Manutenção de instalações/Plano de melhorias técnicas

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


A manutenção produtiva total, total productive maintenance (TPM), é um conceito moderno introduzido no Japão em inícios da década de 70, no contexto do sistema de produção da Toyota, Toyota production system (TPS). É um sistema fundamental de melhoria de gestão da manutenção nas empresas industriais que visa a eliminação de falhas, defeitos e outras formas de desperdícios, visando a redução de custos globais e a maximização global da eficiência numa organização industrial (Cabral, 1998, p. 239-241).

Para atingir esse objectivo, a organização suporta uma estrutura de manutenção produtiva total, onde impõe a participação de todos os escalões, desde os da alta direcção até os postos operacionais de todos os departamentos da empresa. Ou seja, numa fábrica, por norma, toda a manutenção é feita pelo departamento de manutenção que assume um conjunto global de tarefas de manutenção. Porém, muitas tarefas de manutenção podem ser realizadas pelos operadores das máquinas, que através da habilidade e conhecimento do próprio equipamento podem aumentar a eficiência do mesmo, através de procedimentos básicos de electrónica, limpeza, lubrificação e calibração.

Desta forma, as tarefas a curto prazo, que anteriormente eram realizadas pelo departamento de manutenção, são assumidas pelos operadores dos equipamentos. Mesmo que a carga de trabalho dos operadores permaneça inalterado, há uma redução no custo global da manutenção, na medida em que a força de trabalho que pertence directamente ao departamento de manutenção será menor. (Antunes Jr., 1998, p. 3 e 4).