Logística/Gestão de armazéns/Modelos de Armazenagem/Estantes para paletes

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Existem dois tipos de estantes para paletes, as de profundidade simples e as de profundidade dupla, sendo que estas podem ser considerados casos especiais de armazenamento em profundidade com = 1 e = 2, respectivamente (Tompkins et al., 2003, p. 563-566).

Profundidade dupla
Este sistema assenta no princípio LIFO (Last In First Out), ou seja, a última palete a entrar é a primeira a sair.

A armazenagem de profundidade dupla é um caso específico da armazenagem em profundidade com = 2. Neste modelo podem ser armazenadas duas cargas lado a lado numa palete aberta e numa viga comum. A largura e a profundidade da vista de cima de uma estante para paletes de profundidade dupla é dada por e , respectivamente. Para este modelo a quantidade média de área no chão necessária com stock de segurança, é dada por,

sem stock de segurança é dada por,

Uma vez que a profundidade de armazenagem é conhecida, se é par tem-se que é igual a , e se é ímpar tem-se . Assim chega-se às seguintes equações,

se for par:

se for ímpar:

Profundidade simples
Sistema de armazenagem com estantes para paletes

Para se determinar a quantidade média de área no chão necessária em armazéns com estantes para paletes de profundidade simples calcula-se a profundidade da vista de cima e a largura. A vista de cima é igual a e a largura é igual à da estante de profundidade dupla. Se = 1 e = , fazem-se as alterações necessárias nas equações para a armazenagem em profundidade dupla e obtém-se a quantidade média de área no chão necessária para estantes de profundidade simples,

com stock de segurança:

sem stock de segurança: