Logística/Gestão de armazéns/Configuração de áreas de armazenagem contínuas/Um produto/Armazém com três portas do mesmo lado

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Figura 1: Exemplo de construção de curvas de nível com três portas

Considera-se uma região de armazenagem no primeiro e quarto quadrantes com três pontos de entrada/saída. Os pontos têm coordenadas (0,c), (0,0) e (0,-c) como está representado na figura 1. Assumindo que a distância é dividida igualmente entre os três pontos de entrada/saída, as curvas de nível representam-se como mostrado na figura 1. Neste caso, há dois conjuntos de curvas de nível. O primeiro conjunto é adequado para e o segundo para (Francis et al., 1992, p. 306-308).

Para o primeiro conjunto de curvas de nível,

=

Assim está relacionado com e da seguinte forma:

A área delimitada pelo primeiro conjunto de curvas de nível, em função de , para é:

ou

Assim, para ,

Para o segundo conjunto de curvas de nível,

ou

Assim está relacionado com e da seguinte forma:

A área delimitada pelo segundo conjunto de curvas de nível, em função de e , é:

A área em termos de e , para , é:

ou

Resolvendo a equação anterior em ordem a , para , tem-se,

Portanto, para um determinado , a distância percorrida esperada para uma região de armazenagem, com área , é dada por:

= =

onde

Para o caso em que , e , tem-se .