Logística/Gestão de armazéns/Configuração de áreas de armazenagem contínuas/Um produto/Armazém com duas portas em lados diferentes

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Figura 1: Área de armazenagem, com duas portas, de 18 000
Figura 2: Área de armazenagem, com duas portas, de 27 000

‎ Supõe-se que existe um armazém com duas portas, uma porta para entregas rodoviárias e outra para entregas ferroviárias, como é representado nas figuras 1 e 2. Atribui-se a cada porta um peso de 0,5. A área da região de armazenagem pode ser expressa em função das curvas de nível, através da seguinte função, para (Francis et al., 1992, p. 300):

1) ,

2) ,

3) ,

Resolvendo em função de , para e com , tem-se a seguinte expressão:

1) ,

2) ,

Se é igual a , é aproximadamente e é igual a , como representado na figura 1. Se é igual a , é aproximadamente e é igual a , como representado na figura 2.

Figura 3: Exemplo de um Armazém com duas portas e região de armazenagem mínima


Define-se uma região de armazenagem no primeiro quadrante, onde existem dois pontos de entrada/saída com coordenadas (c,0) e (0,c). O transporte de/para o armazém é rectilíneo e igualmente dividido entre os dois pontos de entrada/saída. Neste caso, existe uma região de distância mínima em vez de um ponto de distância mínima. Portanto todos os pontos na região quadrada têm a mesma distância, c, a partir dos pontos de entrada/saída. As curvas de nível no exterior da zona quadrada estão representadas na figura 3. O valor das curvas de nível delimitam uma área superior a e são definidas por (Francis et al., 1992, p. 309-310),

ou

portanto,

A área delimitada pela curva de nível é, para ,

ou

Portanto, resolvendo em ordem a ,

, com .

Para um determinado , a distância esperada a percorrer vai ser dada por,

= (1)

ou

com


Na equação (1) o primeiro termo representa o valor da curva de nível sobre a região quadrada , aplicada a uma região com área . O segundo termo representa a contribuição dada pela área . O valor da curva de nível varia entre e o valor . Com isto, se , e , então . Neste caso e o valor máximo de é . O resultado da região de armazenagem tem quase as dimensões da região quadrada (), excepto para a remoção da área com a partir do canto superior direito do quadrado.