Logística/Embalagem/Embalagem/Produtos farmacêuticos e de higiene pessoal

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Existem no mercado dois tipos de medicamentos: os sujeitos a receita médica e os de venda livre. Como nas empresas farmacêuticas o fabrico e o processo de embalagem ocorrem no mesmo local, ambos têm de obedecer às normas da indústria farmacêutica (Welch, 1997, p. 733).

Segundo Croce et al. (2001, p. 1193), para que a integridade dos medicamentos seja mantida, o tipo de embalagem escolhida deve ter em conta as propriedades físicas e químicas do produto e as exigências do mercado. Os materiais escolhidos devem: proteger o conteúdo das condições ambientais, ser inertes, não acrescentar sabor ou odor ao produto, não ser tóxicos, estar reconhecidos pelas autoridades, ser invioláveis e apropriados para os equipamentos de embalagem.