Ido fácil/Lição quatro

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: esta seção tem muita informação, por isto vá devagar!!

Transformando verbos em objetos, objetos em verbos, e outras transformações[editar | editar código-fonte]

  • Pode-se transformar qualquer adjetivo em um advérbio substituindo o final -a por -e. mala (mal, ruim), male (malmente).
  • Pode-se transformar verbos em nomes substituindo o sufixo -ar por -o. Lembre-se que devido aos verbos serem palavras que indicam ação, o substantivo só vai se referir à ação em si, e não ao que se usa para executar a ação vidar (ver) - vido (coisa vista); promenar (andar, caminhar) - promeno (uma caminhada).
  • Pode-se mudar o sufixo -a que indica um adjetivo para -o, o que forma um substantivo referente àquilo a que o adjetivo simboliza. Exemplo: giganta (gigantesco) - giganto (um gigante). yuna (jovem, novo/a) - yuno (uma pessoa jovem, um/a jovem).
  • Não esqueça que os verbos que transformamos em adjetivos anteriormente podem se tranformarem em substantivos do mesmo modo. drinkar (beber) - drinkanta (sendo bebido) - drinkanto ("bebente"). flugar (voar) - fluganta (em vôo) - fluganto (voador, aquilo que está a voar).
  • Se você mudar o sufixo -o para -a, terá um adjetivo direto. Isto significa que metalo (metal) se transforma em metala ([feito] de metal), tal como em metala telefono (telefone de metal). Não esqueça que isto não quer dizer "metálico"! Se tivesse este sentido, você poderia novamente fazer o inverso (-a pelo -o) e voltar à palavra metalo com o significado de "semelhante a metal", e a palavra metalo teria assim dois significados. Da mesma forma, papero (papel) se transforma em papera tal como em papera ucelo (um pássaro de papel), que não significa "pássaro semelhante a papel". Esta observação a respeito das transformações -o para -a e vice-versa é muito importante.
  • A maneira mais comum de criar um adjetivo a partir de um nome é substituir o -o por -ala. Desta forma, papero se transforma em paperala (papeleiro/a), e assim tempos paperala industrio (indústria papeleira). Papera industrio seria uma indústria "feita de papel", por isto não diga desta forma. Palavras como lego (lei) se transformam em legala (legal), e manuo (mão) se transforma em manuala (manual, feito à mão).

Transformando adjetivos em verbos[editar | editar código-fonte]

  • Existem algumas maneiras de transformar adjetivos em verbos. Se você substituir o sufixo -a por - igar, você tem um verbo que significa "transformar" (algo) naquele adjetivo. Por exemplo, kolda (fria) torna-se koldigar (esfriar, tornar fria).
  • Para criar um verbo que mostra algo transformando-se naquele adjetivo, substitua o sufixo -a por -eskar. Kolda torna-se koldeskar (tornar-se frio).
  • Não se esqueça que agora que eles são verbos, não se preocupe e apenas use-os da mesma forma que os outros verbos. Me koldigis tu (eu te esfriei), Elu koldeskos (ela vai ficar fria).

Transformando substantivos em verbos[editar | editar código-fonte]

  • Para derivar um verbo de um substantivo deve ser usado o sufixo apropriado, de acordo com o significado pretendido do verbo.
  • Os substantivos podem transformar em verbos, substituindo o sufixo -o pelo sufixo -agar. O sufixo -agar vem da palavra agar, que significa 'agir'. Desta forma, - agar significa 'agir com uma ferramenta'. Isto significa que a palavra martelo (com o mesmo significado em português, 'martelo') torna-se martelagar (martelar, ou seja, usar um martelo).
  • Você pode fazer um substantivo tornar-se um verbo com o significado de 'acrescentar', 'adicionar', substituindo o sufixo -o por -izar. Desta forma salo (sal) torna-se salizar (salgar, adicionar sal).
  • Após criar um verbo, você pode transformá-lo novamente em um substantivo, mas lembre-se que o significado deriva agora da ação, e não da coisa. Assim, martelagar (martelar, verbo) torna-se martelago (o ato de usar um martelo, martelada), e salizar torna-se salizo (o ato de salgar, ou a adição de sal).
  • Se você usar o sufixo errado, terá um significado diferente. Se, por exemplo, acrescentar o sufixo -izar ao substantivo martelo, você terá o verbo martelizar que significa "acrescentar um martelo", o que não faz muito sentido.

Bem, já é bastante coisa para esta lição. Releia o texto algumas vezes para relembrar. Tente encontrar algumas palavras por si mesmo, mude os sufixos e veja se você pode encontrá-las, através do Google, em alguns textos escritos em Ido.