História do Brasil/O governo constitucional de Deodoro

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Deodoro da Fonseca, o primeiro presidente do Brasil

O Marechal Deodoro da Fonseca governou durante 9 meses como presidente eleito pela Assembleia Nacional Constituinte em 25 de fevereiro de 1891. Seu governo foi marcado por crises econômicas e seu modo autoritário de governar.

O presidente optou pela continuidade do processo de liberalização da economia, chamado de "encilhamento", iniciado na monarquia. Em 22 de agosto de 1891, o Congresso Nacional exibiu um conjunto de leis que visava à redução de poder do presidente da República. Então Deodoro aplicou um golpe de estado com o Golpe de Três de Novembro em 3 de novembro de 1891. Os decretos assinados por Deodoro neste dia (estado de sítio e dissolução do congresso) provocaram revoltas em todo o país. Por causa da pressão dos militares, Deodoro da Fonseca renunciou ao cargo em 23 de novembro de 1891, deixando seu vice, Floriano Peixoto, em seu lugar.