História do Brasil/A Revolução Constitucionalista de 1932

Origem: Wikilivros, livros abertos por um mundo aberto.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cartaz do período convocando tropas paulistas.

Com a ascensão de Vargas foram desmontadas não só a "política dos governadores" mas também a política de valorização do café. A insatisfação de São Paulo se fez sentir imediatamente, com a união do Partido Democrático e do Partido Republicano Paulista, que até então eram adversários.

Em fevereiro de 32 Vargas fez publicar em Código Eleitoral e marcou a eleição para A Assembléia Constituinte para maio de 1933. O Código Eleitoral tinha como características:

  • O voto secreto;
  • O voto feminino;
  • A criação do deputado classista (representante dos sindicatos patronais e de empregados).

Em 9 de julho de 1932, São Paulo iniciou a sua rebelião contra Getúlio, que ficou conhecida como Revolução Constitucionalista de 1932. Sem ter conseguido a adesão dos demais estados da federação, isolados em sua revolta, os paulistas foram derrotados três meses depois.


Nuvola apps kworldclock.png

Esta página é um esboço de História. Ampliando-a você ajudará a melhorar o Wikilivros.